Se escola tiver partido, que seja dos dois lados, defende Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a criticar hoje a suposta doutrinação que vê sendo praticada por alguns professores no Brasil e defendeu que, se houver partido nas escolas, “que seja dos dois lados.”

As declarações foram feitas pelo presidente ao chegar à casa de seu filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), em Brasília, por volta de meio-dia.

“Nós queremos escola sem partido, mas, se tiver partido, que seja dos dois lados”, afirmou. “Não pode ter um lado só na sala de aula. Isso leva ao que nós não queremos.”  Folhapress

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: