Prefeitura do Assú negligencia cuidados com servidores da saúde que fazem faxina na UPA sem equipamentos de proteção


O prefeito fantoche do município do Assú, Gustavo Soares, faz a gastança contratando sem licitação a empresa do primo por mais de 3 milhões, e negligencia os cuidados com os servidores da saúde que fazem faxina na UPA, sem nenhum equipamento de proteção, conforme vídeo que circula na internet.

A falta de responsabilidade do prefeito Gustavo e da secretária Viviane é fora do comum. A dupla dinâmica esquece que antes de contratar profissionais, tem que garantir primeiro, que os profissionais que já estão, tenham o mínimo de segurança para trabalhar tranquilos, de forma que eles não transmitam e nem contraiam o COVID-19.

No último boletim da Sesap, Assú subiu de 1 para 6, o número de casos confirmados de pessoas com o novo coronavírus, confira abaixo as cidades com maior número de casos confirmados do COVID-19:

NATAL – 77
MOSSORO – 43
PARNAMIRIM – 17
SÃO GONÇALO DO AMARANTE – 9
ASSU – 6

Até hoje, o prefeito Gustavo Soares, tem como maior ocupação, ser “blogueiro de Instagram”, batendo foto e contando lorota nas redes sociais. Só não conta das aglomerações que ocorrem na cidade, como as filas nos bancos, na entrega de programas do governo, e muitos outras situações que são visíveis as aglomerações, e que vai contra todas as recomendações do Ministério da Saúde, para esse momento crítico que todo o mundo vive.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: