Prefeito pode exonerar Diretora do PSM do Assú e afilhada do Pavão

Resultado de imagem para gustavo garante a nuilson direção
Nuilson não esta mais segurando Linduína no cargo de diretora geral do PSM

A diretora-geral do Pronto Socorro Municipal – PSM, Liduina Melo, afilhada e protegida especial do super secretário Nuilson Pinto, apontado como candidato a prefeito nas eleições de 2020, pode estar com os dias contados como gestora da unidade municipal e porta de entrada Única do Hospital Regional Dr. Nélson Inácio dos Santos.

O prefeito do Assú Gustavo Soares, do PR, mesmo investindo no atendimento tempo na sua clínica de ortopedia em Mossóro e morando em Natal, não esta aguentando mais manter Luidina no cargo do PSM, depois que ela passou a fazer o curso de medicina particular na UNP em Natal, gerando ruídos de insatisfação entre enfermeiros, demais profissionais de saúde, servidores, pacientes e pessoas em geral.

Apesar de segurar Marli, a sua esposa legítima no gabinete do deputado George Soares, com salário aproximadamente de R$ 10 mil reais, o super secretário Nuilson Pinto, parece que não vai conseguir emplacar Liduína na direção do hospital regional mesmo com George líder da governadora Fátima Bezerra. A outra decepção de Liduína, foi não assumir a Secretaria de Saúde do Assu após a exoneração do ex-secretário Lula de Lourinaldo.

Os vereadores governistas principalmente do PR João Wálace e Wedson Nazareno, após perderem as eleições na Câmara Municipal do Assú e ficarem sem espaço no governo do presidente do legislativo Tê, apoiado pelos vereadores da oposição, querem mais espaço na estrutura de cargos da Prefeitura do Assú para se reelegerem em 2020.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: