Partidos e frentes convocam militância para ato de artistas por diretas

Resultado de imagem para ato promovido por artistas domingo

PT, PSOL, Central Única dos Trabalhadores (CUT), frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo divulgaram em suas redes sociais convocações para que seus militantes participem do ato promovido por artistas e produtores culturais neste domingo, 4, no Largo da Batata, em São Paulo, pela saída do presidente Michel Temer e realização de eleições diretas.

Ao contrário de atos anteriores, partidos políticos, sindicatos e outros movimentos sociais não participam da organização do protesto. O modelo adotado pelos organizadores causou forte repercussão nas redes sociais e entre os diversos setores da esquerda nos últimos dois dias.

Segundo o presidente da CUT e integrante da coordenação da Frente Brasil Popular, Vagner Freitas, a escolha de um modelo sem a participação direta de partidos pode ampliar o leque de setores da sociedade na luta pelas “diretas-já”. 

“Estamos chamando o ato. Achamos importante um agrupamento de artistas tomar a iniciativa. Isso pode ampliar o movimento pelas diretas-já. Certamente tem muita gente que foi às ruas a favor do impeachment da Dilma (Rousseff) que também quer a saída do (Michel) Temer”, disse ele.

O ato, marcado para as 11h, terá shows de artistas como Mano Brown, Criolo, Emicida, Otto, Pitty, Edgard Scandurra, além de um arrastão com mais de 40 blocos de Carnaval.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: