fbpx

Juristas e juízes cobram do CNJ voto impresso

Resultado de imagem para carmem lucia

O presidente da União Nacional dos Juízes Federais (Unajuf), Eduardo Cubas, e os advogados Luiz Flávio Gomes, Rodrigo Mezzomo e Modesto Carvalhosa, pré-candidato intependente à Presidência, protocolaram hoje, junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um pedido de certidão para que a presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, esclareça se há previsão orçamentária para a implementação do voto impresso (complementar ao voto eletrônico) nas eleições do ano que vem.

O objetivo é pressionar o Judiciário a cumprir a lei 13.165, aprovada em 2015 no contexto das suspeitas apontadas pelo PSDB sobre o processo de reeleição da presidente casada Dilma Rousseff, que determina a adoção do sistema misto a partir de 2018.

“O mínimo compromisso que o Poder Judiciário deve ter é com a verdade do orçamento: vamos descobri-la”, disse Eduardo Cubas. As informações são de O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: