fbpx

Inês do PT do Assu foi pedir a benção do deputado George Soares

Ines foi pedir a benção a George no programa apresentado pelo repórter que ganha um salário do seu gabinete e ainda quer ser imparcial

No ritual de praxis do agradecimento político do toma lá dá cá,  a sindicalista da regional do Sinte/RN em Assú e assessora especial da governadora Fátima Bezerra, do PT, a professora Inês Almeida, que abraçou a luta pelo poder da centenária oligarquia dos Soares do Vale do Açu e líder do governo na Assembléia e deputado do PR George Soares, foi pedir a benção política dele e agradecer pelo emprego ou melhor a boquinha para seu companheiro e marido Paulo Morais, no governo do prefeito do Assú Gustavo Soares, como secretário municipal de Agricultura do Assú.

O marido de Inês Almeida, o secretário Paulo Morais, do PT, também foi pedir a benção como sinal de agradecimento ao deputado pela boquinha no governo municipal e prestigiar a sua presença na Princesa FM, emissora que recebe quase R$ 200 mil anual dos cofres da Prefeitura do Assú. Por dia, a Prefeitura paga a Princesa FM, mais de R$ 500 reais e R$ 19 mil por mês, contribuindo para saldar com dinheiro público quase toda a folha de pagamento dos funcionários da emissora que ainda se diz imparcial, mas não passa de rádio oficial.

O apresentador do Sala de Redação, o reporter Jarbas Rocha, tem um lugar na folha de pagamento do deputado na Assembléia Legislativa, a exemplo de outros profissionais da emissora que ganham da Prefeitura, ou seus familiares como apadrinhados em prefeituras de aliados do parlamentar em cidades vizinhas.

Clique na foto para ver o recebe o reporter da Princesa FM

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: