Governadora do PT aceita chantagem e nomeia Líduina para direção de hospital do Assú

A governadora do RN Fátima Bezerra, do PT, aceitou a chantagem do deputado estadual do PR George Soares para ele não entregar o cargo de líder do governo na Assembléia, nomeando para a direção geral do Hospital regional do Assú, Linduina Maria Dantas e Melo, amiga especial do super secretário Nuilson Pinto, o Pavão, apontado como candidato a prefeito da cidade nas eleições de 2020, como revelou o Blog do VT.

Fátima, a governadora do PT começou a ceder logo que aceitou o veto para a direção do hospital do Assú, do deputado do PR George Soares, contra a indicação da advogada Liana Fonseca, irmã do petroleiro e petista João Nogueira, mas com a resistência da sua assessora pessoal Inês Almeida, inicialmente, a chefe do Executivo do RN, não atendeu a oligarquia Soares.

No entanto, George Soares ameaçou cortar o contrato milionário da empresa do lixo ANCHIETA & FONSECA LTDA, do cunhado do petista e presidente do diretório do PT em Assú, Volclene Bezerra,com a Prefeitura do Assú que ja faturou no governo do irmão do parlamentar e prefeito Gustavo Soares, mais de R$ 15 milhões até agora, e corria o risco de perder para o presidente do diretório do MDB do Assú Helder Alves, marido da vice-prefeita Sandra Alves.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *