Escola da Assembleia disponibiliza material elaborado pelo MEC para prova de redação do Enem

Sempre atenta aos interesses e às necessidades dos estudantes potiguares, a Escola da Assembleia Legislativa do RN decidiu divulgar, em todas as suas plataformas, o material de estudo específico para a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), feito e disponibilizado gratuitamente pelo próprio Ministério da Educação (MEC).

De acordo com o professor João Maria de Lima, diretor da Escola da Assembleia, o material consiste em cadernos explicativos das competências utilizadas para a avaliação dos alunos na redação do exame, além de dicas para não zerar a prova. “São cinco cadernos, cada um falando sobre um tópico avaliativo: respeito à norma culta; adequação ao tema e tipo do texto; capacidade argumentativa e coerência; coesão textual; e elaboração da proposta de intervenção para o problema abordado em conformidade com os direitos humanos”, detalhou o professor João Maria.

Para o diretor da Escola, é de fundamental importância tornar esses cadernos do MEC públicos e cada vez mais acessíveis aos estudantes do RN. “A ideia é levar esses ensinamentos sobre a redação do exame ao maior número de alunos, já que é um material produzido pelo próprio ministério, com dicas para os estudantes tirarem uma boa nota na prova. Para isso, nós iremos disponibilizá-los por meio da página da Assembleia Legislativa, através do banner da Escola, e também pelas nossas mídias sociais”, explicou.

Ainda de acordo com João Maria, os cadernos possuem informações cruciais a respeito de cada competência básica da redação do Enem. “Eles esmiúçam e orientam sobre o que fazer em cada tópico de avaliação, ajudando os alunos a tirarem uma boa nota. Além disso, explanam as situações em que o candidato poderá tirar zero, dizendo o que não fazer também. Então, é um material elucidativo e exemplificador, perfeito para os estudantes se saírem muito bem na redação do exame”, concluiu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: