Em transmissão do hospital, Bolsonaro chora e polariza com PT

Resultado de imagem para Em vídeo no hospital, Bolsonaro chora e polariza com PT

Em seu primeiro pronunciamento desde que foi vítima de uma facada em Juiz de Fora (MG), no último dia 6, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) se emocionou e chegou a chorar ao falar da família e de recordar das circunstâncias do atentado e de sua recuperação.

Em 20 minutos de transmissão no Facebook na tarde deste domingo (16), Bolsonaro buscou levantar suspeição sobre o resultado das eleições e falou sobre a defesa da obrigatoriedade do voto impresso, rejeitado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

“Essa possibilidade de fraude no segundo turno, talvez até no primeiro, é concreta”, afirmou.

O candidato também polarizou com o PT, partido do ex-presidente Lula e de Fernando Haddad, adversário na corrida eleitoral. Bolsonaro sugeriu que, para o partido, a eleição de Haddad é um plano para tirar Lula da prisão.

“O que peço para vocês: se coloquem no lugar do presidiário que está lá em Curitiba. (…) Você aceitaria, passivamente, bovinamente, ir para a cadeia? Você não tentaria uma fuga? Bem, se você não tentou fugir, é obviamente porque tem um plano B. E qual é o plano B desse presidiário?”, indaga Bolsonaro.

A resposta, para o presidiário, vem segundos depois: “Não consigo pensar em outra coisa a não ser o plano B se materializar numa fraude”.

A transmissão foi anunciada na conta do candidato nas redes sociais. Segundo a postagem, o vídeo foi autorizado pela equipe médica que cuide de sua recuperação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Boletim médico divulgado no final da tarde informa que Bolsonaro continua se recuperando bem.  FOLHAPRESS

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: