‘É onda, não falei nada disso’, diz FHC sobre pedido de desistência da candidatura de Tasso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso negou na noite desta segunda-feira, em Washington, que tenha pedido a Tasso Jereissati que abandone a disputa pela presidência do PSDB. Ao chegar a um hotel na capital americana, onde receberá um prêmio do Inter-American Dialogue, tentou desconversar e brincou dizendo que ele seria o melhor nome para presidir a legenda.

— É onda, eu não falei nada disso — disse o ex-presidente sobre se teria pedido para que Tasso abandonasse a disputa da legenda.

FH desconversou sobre a possibilidade de encontrar o ex-presidente interino da legenda para tratar das eleições do PSDB, nos EUA, onde também está o senador por questões médicas da família. As informações são de O Globo.

— Ele (Tasso) está em Boston, não tem nada marcado especificamente e nem sei se terá.

O ex-presidente disse ainda ter sido informando pelos jornalistas do pedido de demissão de Bruno Araújo do Ministério das Cidades e evitou comentar a saída da legenda do governo. Questionado pelo fato de seu nome estar na carta de despedida de Araújo, FH disse que isso deve ter sido uma “gentileza”.

Em seguida, o tucano foi entrevistado pelo canal colombiano NTN24 e, sobre a disputa no PSDB, desconversou dando uma estocada em outros partidos:

— O PSDB não tem caudilhos, não tem uma pessoa que imponha sua vontade. É melhor ter vários candidatos (para a presidência do partido). Temos nomes importantes como Tasso, governadores e para a presidência (da República) também temos governadores — disse.

FH vai participar de um debate com estudantes nesta terça-feira em Nova York e dará uma palestra na Universidade de Brown, no estado de Rhode Island, na quinta-feira.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: