fbpx

Deputados comentam sobre segurança alimentar e serviços do judiciário

No horário destinado aos deputados, encerrando a sessão ordinária desta terça-feira (25), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) falou no teor de requerimento apresentado sobre a implementação de um programa de segurança alimentar, e ressaltou a questão do desemprego em todo o País. O parlamentar se referiu à fome como a consequência mais drástica da falta de trabalho.

“Na minha visão é o problema mais grave no Brasil, mas nesses tempos de pandemia temos que seguir os caminhos da Ciência”, disse Vivaldo. Ele fez um apelo aos governos federal, estaduais e municipais para se unirem. “Principalmente os prefeitos que querem bem a seu povo, que arranjem de onde arranjar para evitar a fome”, concluiu Vivaldo, afirmando que no Rio Grande do Norte a governadora Fátima Bezerra vem fazendo um grande esforço, mas precisa do apoio dos prefeitos e dos empresários.

O deputado Ubaldo Fernandes (PL) fez um apelo ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, para que leve para o Fórum Varela Barca, na zona Norte de Natal, Varas consideradas mais importante do Judiciário como a Cível e a da Família. “Essas pessoas precisam desses serviços de forma presencial”, disse Ubaldo. Para o parlamentar, o trabalho remoto não atende à toda a população, e o atendimento distante da zona Norte fica caro para quem precisa do serviço público.

“Se os serviços continuarem virtuais não atenderão àquelas pessoas”, afirmou Ubaldo, que disse ter sido procurado por um grupo para fazer o apelo ao Tribunal. “É preciso que os nossos juízes entendam isso e eu faço um apelo novamente ao presidente Vivaldo Pinheiro”, disse Ubaldo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: