Com virada no fim, Flamengo é o novo campeão carioca

Réver ergue a taça para o Flamengo após a vitória na final sobre o Fluminense Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo

Guerrero confirmou neste domingo o posto de jogador mais decisivo do Flamengo nesta temporada. O peruano, que tinha atuação apagada, conseguiu desencantar aos 40 minutos do segundo tempo e empatou um jogo que se encaminhava para os pênaltis contra o Fluminense. Rodinei ainda fez o 2 a 1 no fim e garantiu o título ao clube rubro-negro, que vencera a primeira partida por 1 a 0.

O gol, além de valer o primeiro troféu de Guerrero pelo Flamengo, deu ao peruano a artilharia isolada do Campeonato Carioca, com 10 gols. Na temporada, o peruano já soma 12 gols em 17 partidas.
– É uma sensação única (o primeiro título no Rio). Todo mundo cantando… Não sei como explicar – disse o peruano após a partida, sem esconder a emoção. 

O Fluminense não demorou a zerar a vantagem do Flamengo. Com apenas três minutos, Henrique Dourado aproveitou desvio de Léo na primeira travem após cobrança de escanteio, e completou de cabeça para fazer 1 a 0.

O jogo, depois, ficou nervoso. O Flamengo chegou a ter mais de 60% de posse de bola, mas não conseguia levar perigo efetivo ao Fluminense. Isso até Guerrero aparecer, aos 40 da segunda etapa, para aproveitar um rebote de Cavalieri e empatar o jogo.

A igualdade já dava o título ao Flamengo, e o Fluminense partiu para o desespero. Aos 49, Rodinei aproveitou contra-ataque e tocou na saída do volante Orejuela, que havia vestido as luvas de goleiro após Cavalieri ser expulso por falta no próprio Rodinei. Foi para não deixar dúvidas sobre o título rubro-negro.

Deixe um comentário