Vereador Tê não teve apoio mas bajula prefeito do Assu em troca de favores

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Tê bajula em troca de favores especiais, faz jogo mole e vive tirando retrato om o prefeito Gustavo Soares, com um sorriso falso nos labios de ambos

O presidente da Câmara de Vereadores do Assu Francisco de Assis, vulgo Tê, do Solidariedade, não tem um pingo de vergonha na cara e o sentimento de gratidão, não é uma qualidade que o legislador municipal cultive como principio moral e de agradecimento pelo reconhecimento de ter obtido o apoio dos vereadores chamados da oposição para atingir seu objetivo quando mais precisava e necessitava.

Tê não teve apoio do deputado George Soares e muito menos do seu irmão, o prefeito Gustavo Soares, para se eleger presidente do legislativo para o biênio 2019/2020, e muito menos dos seus colegas que são declaradamente aliados e puxa sacos do governo municipal, mas após alcançar o posto mais alto do Poder Legislativo do Assu e o  primeiro sucessor do prefeito e do vice-prefeito, se forem cassados, vive agora de bajular o chefe do executivo.

Enquanto a Justiça Eleitoral não toma uma providência para cassar o mandato do atual prefeito e da sua vice-prefeita Sandra Alves, do MDB, que hoje anda completamente abandonada pelo prefeito e o seu irmão deputado do PR que são companheiros do PT desde meninos. O MDB, eles jogam na lata do lixo e não respeitam o empresário Helder Cortez e muito menos, o seu irmão, o secretário Heliomar Alves.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: