Temer vai gastar mais R$ 14,5 bi em troca de votos pela reforma da Previdência

Reforma da Previdência

A retomada das articulações para aprovar a reforma da Previdência ainda este ano vai exigir do governo o pagamento de uma “fatura extra” de pelo menos R$ 14,5 bilhões em troca dos votos do parlamentares.

A conta pode crescer nas próximas semanas com medidas que incluem compensações a Estados, ajuda a prefeitos e emendas parlamentares.

O governo ainda está longe de reunir os 308 votos necessários para aprovar o texto, mas não desistiu de colocar a proposta em votação ainda este ano e já escalou seus principais líderes para conversas com bancadas nos próximos dias.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), indicou que a votação deve ocorrer na primeira semana de dezembro, segundo informações de Idiana Tomazelli, Igor Gadelha e Adrina Fernandes, O Estado de S.Paulo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: