fbpx

Prefeito Gustavo vai torrar quase R$ 6 milhões com Auto Posto São João de Batistinha em Assú e Posto Florestal está fora do jogo

Como para tudo na vida, existe a primeira vez, chegou a hora do Posto Florestal diminuir seu faturamento, para dar espaço ao Auto Posto São João.

Um dos proprietários do posto florestal, que sempre foi amigo do maior vigarista da cidade de Assú, Ronaldo Soares, é jogado de escanteio pelo grupo, o que mostra mais um abandono de seus aliados, partindo do chefe-mor, Ronaldo Soares e de seus filhos.

Mesmo em pandemia, com atividades restritas, paralisação de alguns serviços e atividades, a Prefeitura do Assú, sob o comando de Gustavo e Fabielle, querem mesmo é torrar o dinheiro do povo com o que eles escolhem como prioridade.

A prioridade é ter o combustível para o prefeito ausente ir e voltar de Natal e Mossoró a hora que quiser, é ter combustível para ele e a vice andarem fazendo politicagem nos quatro cantos da cidade para se auto promover nas redes sociais, e por isso, eles vão torrar o montante de quase R$ 6 milhões de reais.

O que tem chamado a atenção é esse valor tão alto, que imagina – se que eles vão ter que rodar muito para consumir essa dinheirama, e o mais importante, é que o Ministério Público esteja atento para as comprovações de utilização e se realmente estão a serviço do povo, ou para outra finalidade, que por lei é terminantemente proibido.

E tanto o Blog do VT como seus leitores, estão atentos a tudo, só aguardando a primeira medição da Nota Fiscal do Auto Posto São João, para entendermos qual será o consumo da Prefeitura do Assú mensalmente, e se os valores irão bater com a quantidade de carros e serviços que a gestão tem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: