Prefeito do Assú não compra medicamentos mas continua a gastança milionária com material de informática e eletroeletrônicos

UBS do Frutilândia em que falta medicamentos

O prefeito mamulengo da cidade de Assú, Gustavo Soares, não sabe comprar medicamentos mas continua a gastança com o dinheiro do povo, e mais uma vez com contrato milionário, e pelo visto, aprendeu bem com seu pai, o maior surrupiador de dinheiro público da história de Assú, Ronaldo Soares, a selecionar apenas alguns seletos empresários da cidade.

A empresa premiada é a Net System Informática, sob a alegação “contrato celebrado em decorrência da autorização do prefeito municipal, exarada em autorização constante no processo administrativo 14722/2018 gerado pelo pregão presencial de 2018”, que supostamente pode ser entendido como detentora de muitos privilégios na gestão dos Soares, e que faturou de 2016 até hoje R$ 1 milhão e meio de reais. Confira aqui os contratos.

Ainda tem gente que fala que o prefeito de Assú, quer ver o bem da cidade, ele na verdade quer ver o bem de alguns, e os outros que “lutem”. Entre tantas empresas que existem na cidade de Assú e arredores, que vende as mesmas coisas que a Net System, o prefeito Gustavo Soares decide não fazer nova licitação privilegiando um entre tantas empresas do ramo, e mesmo quando em face a crise econômica, esses materiais objeto da licitação poderiam ser adquiridos a preços mais baixos.

É inadmissível que um gestor gaste esse dinheirão com informática, mas não seja capaz de comprar medicamentos e suprir as necessidades do povo, em que uma cidadã foi a UBS do Frutilândia e faltava medicamentos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: