Parcelas de R$ 300 do auxílio emergencial a quem não é do Bolsa Família começam a ser pagas nesta quarta-feira; veja as datas

A Caixa paga nesta terça-feira o auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS de final 9

Caixa Econômica Federal começará a pagar nesta quarta-feira (30) a segunda etapa do auxílio emergencial — no valor de R$ 300 — para quem não é beneficiário do Bolsa Família. O calendário completo, que vai até dezembro, foi publicado no fim da noite desta segunda-feira (dia 28) em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Nesta segunda etapa do auxílio estão previstas quatro parcelas mensais no valor de R$ 300, até dezembro. Mas nem todos os que receberam os R$ 600 terão direito a todas as parcelas extras.

Crédito em conta e depois saque

Como ocorreu nos calendários anteriores, primeiro será efetuado o crédito em conta digital. Só depois os valores serão liberados para saques e transferências para outras contas. A partir do crédito na conta digital, os beneficiários poderão movimentar os recursos para pagar contas de concessionárias e boletos via aplicativo Caixa Tem.

Pelo calendário da nova etapa divulgado nesta segunda-feira, receberão nesta quarta-feira os beneficiários nascidos em janeiro que receberam a primeira parcela do auxílio em abril. Quem recebeu a primeira em maio começa a receber em 30 de outubro.

Quem recebeu a primeira parcela em junho começa a receber em 22 de novembro, e quem começou a receber em julho terá acesso aos novos depósitos a partir de 13 de dezembro.

Os beneficiários que tenham feito contestação e se tornaram elegíveis entre 20 de julho e 25 de agosto também começam a receber nesta quarta-feira.

Os beneficiários do Bolsa Família seguem outro cronograma, com liberação automática dos saques. A Caixa começou a efetuar a nova etapa do auxílio emergencial para esse grupo no dia 17 de setembro, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS).

Pagamentos desta terça-feira

Nesta terça-feira (29), a Caixa vai pagar o auxílio emergencial — primeira parcela extra no valor de R$ 300 — a 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS de final 9. Além disso, o banco vai liberar o saque para 4,1 milhões de trabalhadores nascidos em março, que se inscreveram pelo site caixa.gov.br, pelo aplicativo Caixa /Auxílio |Emergencial ou pelos Correios. Neste caso, o valor ainda é de R$ 600 (referente a cotas antigas regulares).

O pagamento aos trabalhadores cadastrados — informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs), desempregados sem direito a seguro-desemprego e inscritos no CadÚnico sem Bolsa Família — corresponde ao ciclo 2.

Extra Globo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: