Para Cristiane Dantas, redução de mortes violentas ainda não é sentida no RN

A deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) comentou, na sessão ordinária desta quinta-feira (12), sobre o anuário da Segurança Pública que apresentou a redução nos índices de mortes violentas em todo o Brasil em 2019, numa comparação com o ano de 2018. Cristiane ressaltou que no Rio Grande do Norte o número de mortes violentas também caiu este ano.

“Mas essa ainda não é a sensação da população”, afirmou a deputada, afirmando que as estatísticas do Governo do Estado, que são terceirizadas, nem sempre refletem os dados oficiais. “Queremos os números oficiais”, disse Cristiane, afirmando que solicitou os dados ao Itep.

Em seu discurso, a deputada Cristiane Dantas criticou a criação de um consórcio do Governo com os municípios para pactuação do custeio da Saúde. “O Governo quer transferir responsabilidades”, declarou a parlamentar, que levantou dados alarmantes do Rio Grande do Norte em relação a casos de doenças como chikungunya e zika. “O Estado é responsável, mas a população tem que fazer sua parte”, disse Cristiane, ressaltando que essas doenças trouxeram consequências graves como a microcefalia.

Em aparte, o deputado Hermano Morais (MDB) ressaltou o alto índice de casos de doenças. “São mães e crianças que passam por dificuldades pela dificuldade no atendimento por parte do Estado”, disse o deputado. Eudiane Macedo também se pronunciou e chamou atenção da população para a necessidade de cada um fazer sua parte. “Os moradores tem que tomar conta de suas residências; tem que tomar conta de seus quintais”, alertou Eudiane.

A deputada Cristiane Dantas encerrou o discurso convidando os colegas para a audiência pública que será realizada pelo seu mandato no dia 19 de setembro. A microcefalia e a falta de assistência por parte da Saúde Pública será o tema em discussão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: