O silêncio ensurdecedor do prefeito Gustavo Soares prova autoritarismo de seu irmão deputado e mais uma mentira pro povo do Assú


Desde que seu irmão, o autoritário deputado George Soares, anunciou que Gustavo Soares é candidato sim a reeleição sem a participação dele no programa, o silêncio ensurdecedor tem tomado de conta do prefeito, e na terra dos poetas não se fala em outra coisa.

O que estranha é que o prefeito Gustavo participou de programa para anunciar que desistia da reeleição, encenou uma grande peça teatral, onde chorou de frente às câmeras, e lamentou que ser vítima do COVID-19, fez ele repensar na vida e escolher sua profissão de médico, ao invés de ser prefeito. Mas o irmão deputado e mais prejudicado com a desistência foi pra rádio sozinho, e anunciou a mudança de idéia e que Gustavo seria candidato.

Só que o silêncio tem tomando de conta do prefeito, que foi obrigado pelo irmão a ser candidato, porque quer a todo custo garantir a boquinha que tem na Prefeitura do Assú para fazer barganha com votos pela sua eleição de deputado em 2022. E há quem desconfie que ele vai ser mesmo candidato, e nessa novela mexicana, o grupo dos Soares fingem, mentem, e enganam a população do Assú, como sempre fizeram.

Na verdade, a manobra inicial orquestrada por Ronaldo Soares, que surrupiou a prefeitura de Assú em milhões, na época em que era prefeito, era a esperança de que o povo de Assú, clamasse pelo nome de Gustavo, solicitando que o mesmo voltasse a disputar a prefeitura. Mas o tiro saiu pela culatra, eles tinham feito até um favor, pois o povo gostou e muito da desistência.

Como eles não conseguiram o que queriam, já que a gestão atual é um desastre e vai de mal a pior, voltaram atrás na decisão, e ficam nesse jogo de enganação e briga por interesses próprios.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: