Nelter pleiteia reabertura de Hospital em Patu, solicita melhoria de estrada no oeste e crítica valores que Governo alugará ambulâncias

Durante sessão de deliberação remota da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nesta semana, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) destinou pleitos ao Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), buscando viabilizar pleitos demandados ao seu mandato.

Ao DER, o parlamentar requereu a recuperação asfáltica da RN-233 entre os municípios de Triunfo Potiguar, Paraú e Assú até a BR-304. “Requerimento por requerimento que infelizmente não será resolvido, pois o diretor do DER, Manoel Marques Dantas, informou a todos os deputados estaduais que o Estado não tem condições de recuperar suas estradas”.

Em sua fala, ainda sobre a rodovia RN-233, Nelter Queiroz chegou a sugerir, de forma irônica, que o Governo do Rio Grande do Norte apele para o Consórcio Nordeste, visando não só a recuperação desta, mas de todas as estradas do Estado, “pois neste Consórcio não falta dinheiro”.

Já em relação ao município de Patu, mais precisamente sobre o Hospital Marternidade Dr Anderson Dutra, o deputado solicitou que a Sesap viabilize a reabertura deste equipamento de saúde. “ O hospital é equipado com 60 leitos, enfermaria, centro cirúrgico e raio-x, porém encontra-se fechado e está fazendo falta para as pessoas que precisam deste suporte”, alertou o parlamentar, que também sugeriu diálogo entre Governo do Estado e direção do hospital visando a reabertura desta unidade de saúde.

Ao final de seu pronunciamento, o parlamentar também criticou o “contrato absurdo”, no valor de aproximadamente R$ 1,424 milhão por mês, durante seis meses, com o intuito de alugar ambulâncias. De acordo com Nelter, se os recursos fossem economizados com o aluguel destas ambulâncias o hospital em Patu poderia ser reaberto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: