Mulher é presa por homicídio de adolescente em Mossoró

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Homicídios (DEHOM) Mossoró, com o Grupo Tático Operacional de Jucurutu, deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (15), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Maria Luísa de Moura Diógenes, conhecida como “Docinho”, 28 anos. A prisão aconteceu por Maria Luísa, “Docinho”, ser suspeita de participar no homicídio de Geane de Melo Nogueira, 12 anos.

O crime, que aconteceu no dia 4 de novembro de 2018, no bairro Malvinas, em Mossoró, se deu em decorrência de brigas entre facções. A adolescente foi encontrada carbonizada, após ter sido sequestrada pelos suspeitos.

Caso

Em agosto deste ano, quando foi assassinado Jean de Melo Nogueira, 18 anos, iniciou-se uma série de homicídios na região. Para a família de Jean de Melo, o responsável pelo crime era Francisco Iranilson, 23 anos. No dia 4 de novembro de 2018, Francisco Iranilson, a esposa, 20 anos, e o filho Antony, de 1 ano e 6 meses, foram atacados por Jeovani e Jeferson, irmãos de Jean, em uma espécie de vingança. O bebê de 1 ano e seis meses morreu vítima dos disparos.

Ainda no dia 4 de novembro, para se vingar, supostos amigos de Francisco Iranilson invadiram a casa onde estava Geane de Melo Nogueira e a sequestraram. No dia 6 de novembro, a polícia encontrou no bairro das Malvinas, em Mossoró, o corpo identificado como sendo da adolescente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: