Movimento ACREDITO pede investigação no MP e Câmara de escala de serviço do prefeito do Assú


Em um ato inédito dentro da cidade do Assú, o movimento ACREDITO entra pra história, agindo com coragem e de respeito ao povo, protocolou um requerimento no Ministério Público e na Câmara legislativa, para investigar a escala de serviço do atual prefeito.

No requerimento, eles questionam se o fantoche de prefeito realmente reside em Assú, de fontes de renda que estão fora da normalidade, e das negligências do poder público com a cidade.

O movimento ACREDITO está fazendo o papel da Câmara Municipal que foi eleita pelo povo e para trabalhar para o povo, mas a maioria está amordaçada ao prefeito Gustavo, e ao seu irmão, o instável deputado George Soares, e com isso, não tem coragem de criticar e nem permitir que CPI sejam abertas, com o intuito de investigar e esclarecer a população, o descaso e desrespeito do prefeito municipal com a cidade que o elegeu, e que paga seu gordo salário.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: