fbpx

Milton Ribeiro usou nome de Bolsonaro sem consentimento, diz advogado

Em entrevista no Palácio do Planalto na noite desta sexta (24), Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, afirmou que Milton Ribeiro usou o nome de Jair Bolsonaro “sem consentimento”.

Em conversa telefônica com a filha, o ex-ministro da Educação disse ter recebido uma espécie de alerta do presidente sobre a Operação Acesso Pago (“ele acha que vão fazer uma busca e apreensão em casa”).

“Ele usou o nome do presidente sem conhecimento, sem autorização. Cada um se explique pelo que fala”, declarou Wassef. “Compete ao ex-ministro explicar por que ele usa o nome do presidente de forma indevida”, acrescentou o advogado.

O grampo motivou a remessa do inquérito da operação, que investiga o “gabinete paralelo” de pastores no MEC, ao STF. Ribeiro, assim como os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, foi preso na quarta-feira (22); os três foram libertados depois por ordem do desembargador Ney Bello, do TRF-1.

Com informações de O Antagonista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: