MDB, PT e PSDB têm perda de filiados

Resultado de imagem para aecio e lula  Temer

O PSOL foi o partido que mais ganhou filiados em 2017 e o MDB, o que mais perdeu, segundo relatório concluído pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta semana, com os dados de dezembro. A sigla fundada por dissidentes do PT fechou o ano com 24 mil novos nomes em relação a janeiro, mantendo tendência de alta dos últimos anos. Apesar do aumento, é o 25º partido no quesito número de filiados. Já a legenda do presidente Michel Temer registrou a saída de 4.528 membros, mas tem no total 2,3 milhões —é a maior do país.

O PT, que vem divulgando que pedidos de filiação cresceram após a condenação do ex-presidente Lula, fechou o ano com menos 82 integrantes. A sigla é a segunda maior do país, com 1,5 milhão de membros. Em seu site, no entanto, diz ter 1,8 milhão. A diferença pode ser causada pelo intervalo entre o envio dos dados e a atualização no TSE. O tribunal não informa números de desfiliações.

O PSDB, terceiro maior partido, fechou 2017 com 1,4 milhão, mas perdeu 10 mil pessoas ao longo do ano. As informações são da colunista Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: