fbpx

MAU EXEMPLO: Fabielle “gazeia” expediente na Prefeitura e junto com Rafael Motta zombam do Demutran

A vice Fabielle Bezerra anda tendo atitudes bem reprováveis perante as regras da administração pública e até nas Leis de trânsito. Ontem pela manhã, ela achou de passear em pleno expediente, fazendo campanha para o candidato ao senado Rafael Motta.

Além da vice “gazear” o expediente que é pago com recursos do povo, ainda arrastou outros cargos, e o mais interessante, ela e Rafael andaram até de moto pelas ruas, passageiros sem capacete e um dos casos o piloto estava sem capacete também, zombando do Demutran, do Detran, e das leis de trânsito que estão aí para evitar acidentes e que devem ser cumpridas.

Independente se andar de moto sem capacete é moda, seja para o condutor/piloto ou para o passageiro, essa regra para um político é sagrada, afinal, se ele desrespeita uma, o que impede de desrespeitar outras que podem ser mais graves e acarretar consequências desagradáveis?

O Código de Trânsito Brasileiro, incisos I e II do Artigo 244, deixa claro que conduzir motocicleta sem o uso de capacete, assim como o passageiro, são infrações gravíssimas com multa no valor de R$ 293,47 e suspensão do direito de dirigir, e na lei, conduzir ou transportar sem capacete gera multa.

A vice Fabielle de certa forma incentiva o desrespeito e zomba do Demutran, pois em abril desse ano eles fizeram uma audiência pública para implantar um Programa Vida no Trânsito na Cidade, e as ações prioritárias seriam voltadas para a conscientização do uso do cinto de segurança, redução de velocidade, aprimoramento da legislação e aumento da fiscalização da lei seca, além do uso de capacete e outras medidas.

O candidato Rafael motta foi sem capacete, mas o piloto/condutor estava de capacete, o que também não o isenta da culpa e da sua responsabilidade como pessoa pública.

E essa não foi a primeira vez, pois na semana passada a vice cassada andou de moto com seu esposo que também estava sem capacete, uma pessoa pública dando maus exemplos para a juventude e incentivando que fazer da forma errada “é legal”.

Agora fica a pergunta, Vale tudo para não perder um clique e se autopromover? Até colocar em risco a sua vida e de outras pessoas? Pelo visto, responsabilidade é algo que a vice não preza e isso é lamentável.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: