MAIS UM: Prefeito de Itajá não se adequa a lei de transparência, segundo Ministério Público

A safra de prefeitos eleitos em 2016 para o vale do açu, não foi nada boa, e um dos eleitos foi o prefeito da cidade de Itajá, Alaor Pessoa, que já é alvo de uma ação civil na justiça por suposta prática de improbidade administrativa.

Alaor é amigo do deputado George Soares e do prefeito de Assú, Gustavo Soares, e parece que aprendeu bem com a dupla dos Soares, a omitir os dados e não ser transparente nas informações fornecidas pelo portal de transparência da prefeitura de Itajá (documento aqui).

Para esclarecer melhor aos leitores, o portal de transparência é um canal pelo qual o cidadão pode acompanhar a utilização dos recursos arrecadados com impostos ou repasses no fornecimento de serviços públicos à população, além de se informar sobre outros assuntos relacionados à Administração Pública.

Para isso, o ministério público está na de olho na gestão dos prefeitos, e o prefeitura de Itajá, foi classificado como o ente público que não se adequa à Lei de Acesso. A população precisa cobrar aos gestores mais transparências nos municípios, e especialmente em cidade menores, que chegam muito dinheiro, mas não tem uma confiabilidade na transparência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: