Mais de sete dos 24 deputados estaduais devem perder mandato no RN

Resultado de imagem para alrn plenario

A Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte deve sofrer uma renovação de pelo menos 30% em sua composição. Esse número foi encontrado pelos próprios deputados que já começaram a fazer as contas das chances de reeleição. Os 30% de renovação correspondem a no mínimo sete (7) novos parlamentares na próxima legislatura.

Essa expectativa era maior, beirava os 50%. Mas a tendência dos partidos considerados tradicionais em fazer um chapão fez com que essa previsão fosse reduzida para 30%. PSDB, MDB, DEM, PP e PR estão fechando uma grande coligação proporcional, sem nenhum compromisso oficial com candidaturas majoritárias.

O Solidariedade deve caminhar com uma nominata própria. A dúvida é se o PSB fica na coligação de Fátima Bezerra(PT), que conta ainda com PCdoB e PHS,  ou no chapão.

O partido do governador Robinson Faria, o PSD, trabalha uma coligação com o PRB e com o Podemos, e, ainda, com o grupo dos oito(8), partidos nanicos que pretendiam fazer coligação apenas na chapa proporcional. Há resistências, mas podem ser superadas.

Falta agora identificar quem entra e quem sai. Para sete novos, obrigatoriamente, sete dos atuais perderão seus mandatos. Quem perde e quem ganha? Façam suas apostas. As informações são do jornalista Alexandre Cavalcanti, do blog Pinga Fogo/Portal Nominuto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: