Lula desembarca em Ipatinga para iniciar caravana

Lula

O ex-presidente Lula (PT) desembarca nesta segunda-feira (23) em Ipatinga, no Vale do Aço, para a dar início à Caravana Lula pelo Brasil em Minas Gerais. O trajeto passa por 12 cidades do Estado. No primeiro destino, o ex-presidente será recebido na praça dos Três Poderes, em um ato em “defesa da soberania nacional”, às 18 horas. Nesta terça-feira (24), Lula visita, ainda em Ipatinga, o viveiro de mudas do MST. De lá, a caravana seguirá para Governador Valadares, na região do Rio Doce, depois para o Vale do Jequitinhonha, o Vale do Mucuri e para a região Norte. A peregrinação será encerrada em Belo Horizonte, no dia 30 de outubro, em um evento na praça da Estação.

O vice-presidente do PT, Márcio Macedo, afirmou que a escolha das cidades foi feita pelo próprio Lula, e o critério da decisão se baseou nas necessidades de cada região.

“A escolha do Vale do Aço foi em função do desmonte que o país está vivendo com a crise da siderurgia. A região do Rio Doce por ter sido palco de uma das tragédias mais dolorosas do nosso país, que foi o desastre de Mariana. O Vale do Mucuri é uma região com características climáticas que castigam a região. O Vale do Jequitinhonha é onde você pode observar a força dos programas sociais e o que faz a falta deles. O Norte de Minas traz um debate rico sobre desenvolvimento regional, e BH, talvez, seja uma síntese de todas as Minas Gerais”, disse. As informações são de ANA LUIZA FARIA, O Tempo.

Márcio Macedo contou que a caravana voltará ao Estado, provavelmente no início do ano que vem, para visitar as outras regiões. “Lula compreende a importância de Minas como segundo Estado com maior número de eleitores”, contou.

Plano único. Recentemente, segundo a coluna de Mônica Bergamo no jornal “Folha de S.Paulo”, o senador pelo Estado do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias (PT), reconheceu que o Partido dos Trabalhadores não possui um plano B para as eleições, confirmando a candidatura de Lula. Mesmo condenado em primeira instância no caso do triplex e correndo o risco de não poder participar do jogo eleitoral em 2018, o ex-presidente já se apresentou como candidato à Presidência da República.

O fato leva muitos a considerar a Caravana Lula pelo Brasil um ato de pré-campanha eleitoral. O vice-presidente do PT nega. “Não tem nada de inédito a caravana do presidente Lula. Ele já fez isso em outras ocasiões. É importante que isso fique claro para evitar essa história de antecipação de campanha eleitoral. Isso é um debate pequeno, daqueles que não têm coragem de rodar o Brasil conversando com o povo”, declarou.

Segundo Márcio Macedo, o objetivo das viagens é dialogar e discutir a situação do país e saber como está a situação das políticas públicas implantadas no governo Lula e nos outros anos.

O governador do Estado, Fernando Pimentel (PT), estará presente sempre que possível na caravana, considerando sua agenda de gestor público. “Ele participará das atividades nos finais de semana e das que forem realizadas no período noturno, como a abertura em Ipatinga. Ele é sempre muito bem-vindo”, afirmou Márcio Macedo.

Recepção. Grupos de direita e que defendem a intervenção militar estão convocando um protesto contra Lula, no mesmo local que ele iniciará a caravana, em Ipatinga.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: