José Dias associa delação à máfia e vê situação de Fátima como “péssima”

O deputado estadual José Dias prefere não tecer comentários sobre a acusação feita pelo ex-ministro Antonio Palocci contra a governadora Fátima Bezerra, que teria recebido propina da empreiteira Camargo Corrêa. “Não me meto porque isso é assunto interno da máfia, eu não vou entrar nesse negócio. Deixa que a justiça vá examinar, o Ministério Público, eles que têm que dizer”, analisa o parlamentar.

Embora acredite não ser momento para se falar na deflagração do processo de impeachment de Fátima Bezerra, o que, segundo fontes do Novo Notícias, já está sendo comentado nos bastidores da Assembleia Legislativa, José Dias avalia que o “navio já está dando água” e que “quando o navio começa a dar água, não sei o que é que vai acontecer”.

Eleitoralmente, disse José Dias, “a coisa está péssima” para a governadora Fátima Bezerra: “Ela levou uma surra em Alto do Rodrigues, o candidato que ela não apoiou teve 75 por cento e em Ceará-Mirim, ela apoiou uma das campanhas mais sujas que já se teve notícia e perdeu”.

José Dias concluiu dizendo que “só quem dá apoio incondicional à governadora é o MST”.

*Novo noticias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: