HOSPITAL DE ASSÚ: Perseguição que não tem fim e direitos iguais é jogado no lixo

 

O hospital regional Nelson Inácio dos Santos, na cidade de Assú, é gerenciado pelo governo do estado, tendo suas indicações quase 100% vindo do malvado deputado George Soares, que sempre foi conhecido por ser perseguidor, a exemplo de seu pai, tio e primo.

Então, vocês já sabem que essa confusão já tem em torno de 40 anos, e teve como marca registrada a perseguição. Há um tempo o Sindicato dos servidores da Saúde do Estado do Rio Grande do Norte – Sindsaúde/RN, visitou a cidade para apurar denúncias de assédio moral dela contra os servidores do hospital.

No entanto, o tempo passa, e outros servidores que assumem alguns setores passam a adotar o mesmo estilo perseguidor. Parece que agora a perseguição está vindo por parte da coordenação do hospital e a diretoria tem conhecimento e acoberta tudo. Existem provas em que uma funcionária do hospital chega até dizer que “a perseguição já passou dos limites”, ou seja, se referindo a conduta da coordenação em que colocou pessoas que demonstraram seu voto a Ivan Júnior, para trabalharem nas piores escalas de plantões.

Além disso, os servidores do hospital reclamam que o trabalho na UTI é um risco a vida e acham que vão até fechar, pois as pias e paredes dão choques. Mas o Doutor não está nem aí, pois já nem se encontra mais na cidade, e muito pelo contrário, faz é deboche, mentindo feito o diabo.

O Blog do VT deixa a solidariedade e apoio irrestrito aos funcionários, para que haja cobrança ao governo do estado, que acabem com a perseguição e proporcionem um lugar apto para trabalhar com direitos iguais, sem privilégios a quem quer que seja.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: