Gustavo Soares adota novo estilo e inicia implantação do nazismo em Assú

O famoso corte de cabelo teve seu pico durante o Holocausto, liderado pelo mundialmente famoso Adolf Hitler durante a Segunda Guerra Mundial. Naquela época, usar a linha fina do couro cabeludo era sinônimo de lealdade ao líder em questão, o Führer.

O prefeito turista Gustavo Soares depois de receber ordens expressas do seu pai, o hitlerista Ronaldo Soares, para intimidar através de nota de repúdio o popular que fez uma reclamação sobre a situação do pronto socorro municipal e também a população assuense, vem se reunindo com sua equipe técnica para implantar de vez em Assú a ideologia nazista, pois, o hitlerista Ronaldo Soares já disse a seus filhos, que não há mais tempo a perder.

Essa implantação está tão séria e evoluindo cada vez mais rápido, que até o corte de cabelo nazista já foi adotado pelo prefeito Gustavo Soares. E segundo se comenta nos bastidores, também já está acontecendo na sua equipe técnica à designação de cada um do seu secretariado com os personagens reais da história nazista.

E um deles seria Samuel Fonseca, chamado Samuel Rico, homem de confiança de Ronaldo Soares, que como na história nazista se assemelha a Joachim Von Ribbentrop, homem de confiança e amigo de Hitler, que obrigava as pessoas a adotar medidas repressivas contra os judeus e pobres, e para que fosse aceito por eles a implantação de políticas de apoio nazista, sob pena de diversas torturas.

Embalado nesse espírito, segundo informações de populares, o Secretário Samuel Fonseca vem querendo cumprir as determinações e já passou a adotar medidas repressivas contra os pobres, agindo com truculência contra uma pobre feirante, que se instalou as margens da Avenida Sen. João Câmara, para vender suas frutas, querendo expulsa-la, sob o argumento de que estava atrapalhando o acesso de pedestre, quando na verdade, o referido terreno que a pobre feirante estaria é um terreno que pertence a um primo de Ronaldo e compadre dele.

O nazismo foi um dos grandes males que aconteceu na terra, e não pode ser tolerado que em pleno século XXI, depois do reconhecimento do principio da dignidade da pessoa humana, se possa conceber que exista pessoas que apoiem ou simpatizem com essa ideologia, muito menos que queiram implanta-lo em qualquer município do brasil, como induz a crer que é o que está fazendo o ex prefeito Ronaldo Soares, e seus filhos, George e Gustavo, na querida terra dos poetas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: