fbpx

Gastança de quase 100 mil reais do prefeito do Assú com carnaval beneficia sobrinho do Pavão

Karume é sobrinho do secretário Nuilson, o Pavão, homem forte da patota de Ronaldo Soares

Com a Câmara de Vereadores do Assu amordaçada pelo governo do prefeito Gustavo Soares para evitar qualquer tipo de investigação do Poder Legislativo na aplicação de dinheiro público no Carnaval fracassado do Assu em que a Prefeitura gastou quase R$ 100 mil com a contratação de bandas e que  só resta ao Ministério Público passar apurar essa gastança no governo.

A gestão virtual do doutor Gustavo Soares tem o super secretário Nuilson Pinto, o Pavão, apontado como candidato a prefeito do Assu nas eleições do próximo ano, preferido dos irmãos Soares, o prefeito e o deputado estadual do PR e do chefe da tribo Ronaldo Soares, para continuar a mandar e a desmandar no município, como se fosse uma propriedade particular do clã. Karume sobrinho do Pavão, é o principal beneficiado.

Vereadores do Assú cruzam os braços e não fiscalizam governo do prefeito Gustavo Soares que abandonou o Assú

A contratação da banda de um filho do empresário Karume Nascimento, sobrinho do secretário Nuilson, o Pavão e ex-sócio do líder do governo do PT na Assembléia e deputado George Soares, praticamente monopoliza a infraestrutura oferecida pelo governo do prefeito Gustavo Soares, como sonorização, iluminação e banheiros químicos nas festividades e eventos realizados pela Prefeitura do Assú.

Os vereadores governista, segundo uma fonte, custa hoje aos cofres municipais mais de R$ 15 mil mensal na indicação de filhos, esposas, irmãos e outros apadrinhados deles no função de cargos comissionados no município.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: