fbpx

FALTA VACINA: Servidores da saúde de Assú trabalham na linha de frente da COVID mas não foram vacinados

Supostamente servidores que estavam de férias ou de licença ou atestado, quando retornaram as suas funções, foram surpreendidos com determinações da Prefeitura do Assú, sob o comando do prefeito Gustavo e a vice Fabielle, para voltarem aos postos de trabalho, alguns na linha de frente da COVID sem serem vacinados.

A informação que circula inclusive com vídeos de pronunciamentos de pessoas ligadas ao sindicato municipal é de que eles foram obrigados a trabalhar sem estarem vacinados, e a atual gestão apenas não sabe explicar como vieram as vacinas por servidores cadastrados, e agora, servidores não foram vacinados e as vacinas sumiram.

Falta preparo e competência na gestão da Prefeitura do Assú há muito tempo, mas desde que se iniciou a crise da COVID em 2020, que a incompetência tem sido absurdamente mais visível, e diante disso, os servidores devem procurar sim os seus direitos, e quem tiver medo de retaliação, pode fazer a denúncia anônima. Na realidade, o relato é grave, pois as vacinas sumiram e deveriam ser destinadas para esses profissionais que estão arriscando além da vida deles, a dos familiares.

Recentemente, o MPRN anunciou que com a proposta de oferecer à população do Rio Grande do Norte um canal direto para denúncias de crimes em geral, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), agora conta com um Disque Denúncia. Basta o cidadão ligar gratuitamente para o número 127, e a identidade da fonte será preservada, segundo portal do MP.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: