Eunício será investigado por suspeita de corrupção passiva e lavagem

O inquérito que foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que teve o sigilo levantado nesta semana, investiga os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O pedido foi baseado na delação premiada de Nelson José de Mello, ex-diretor de relações institucionais do grupo Hypermarcas, que foi homologada em 2016, segundo O Globo.

A investigação foi autorizada pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no tribunal, no dia 26 de abril, mas o caso estava sob sigilo até a última quarta-feira. Os detalhes do processo foram revelados na sexta-feira pelo Ministério Público Federal (MPF).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: