Deputado Vivaldo Costa corre risco de ficar inelegível

O deputado estadual Vivaldo Costa, do PSD, corre o sério risco de fica de fora na disputa pela reeleição por uma vaga na Assembléia Legislativa nas eleições de 7 de outubro. Condenado pelo juiz Airton Pinheiro, da Quinta Vara da Fazenda em Natal, na ação civil pública de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público (VEJA AQUI), a multa civil no valor de R$ 8.000,00 e ressarcimento ao Erário no valor de R$ 4.701,87, o deputado Vivaldo Costa, ingressou com ação de Embargos de Declaração em Apelação Cível contra a sentença e o o relator do caso e desembargado do Tribunal de Justiça do RN Vivaldo Pinheiro, negou o pedido do parlamentar.

Após a derrota da solicitação que aconteceu no último dia 27 de março de 2018 em que o desembargador relator votou pelo conhecimento e desprovimento dos apelos interpostos, mantendo a sentença recorrida na sua  integralidade – o deputado estadual Vivaldo Costa, voltou mais uma vez a apelar da condenação através de embargos ao TJRN, mas que ainda não foi julgado pela Corte. Enquanto não acontecer o julgamento, Vivaldo Costa não pode ser candidato a reeleição, principalmente se perder novamente a ação que pode livrá-lo de ficar inelegível.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: