Deputado George Soares culpa procuradores municipais por caos na Prefeitura do Assú

Resultado de imagem para george soares

Para querer estancar a hemorragia do caos administrativo no governo do seu irmão e prefeito do Assú, o vice-presidente regional do PR e deputado estadual George Soares, do PR, vem mentindo sem nenhuma cerimônia porque não tem como contratar um escritório de advocacia por soma milionária e agora joga a culpa por tudo errado que acontece na Prefeitura do Assu aos procuradores do município aprovados em concurso público e que segundo ele, é o problema e travamento do governo.

Além de culpar os procuradores do município, o deputado diz que a procuradoria dos municípios de Mossoró, Caicó e Currais Novos, tem apenas dois procuradores na folha de pagamento do funcionalismo municipal, alegando que a cidade conta com quatro e que consome muito dinheiro dos cofres públicos.

O procurador municipal é o guardião das leis no seu município e o próprio Supremo Tribunal Federal já se manifestou no sentido de reconhecer que a função de assessoramento jurídico do Poder Executivo deve ser exercida, exclusivamente, por procuradores de carreira com ingresso mediante concurso público (ADI 4261/RO, de relatoria do Ministro Ayres Britto). 

Escute áudio abaixo:

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: