Nelter Queiroz dá batido no desmoralizado deputado George Soares

O deputado estadual Nelter Queiroz, logo quando soube da atitude mesquinha do deputado George Soares, que tentou exonerar o Tenente Madeiro, deu um batido na última terça – feira no deputado, e se solidarizou com a população do Assú, em virtude da transferência arbitrária do Tenente PM Madeiro, que no dia seguinte, foi revogada pela governadora Fatima Bezerra.

A revogação da transferência mostra a fragilidade e o desprestígio do líder do governo, o deputado George Soares, que está igual a menino ruim, levando batido de todo mundo. Dizem que ele anda se escondendo, pela vergonha e desmoralização que vem passando.

Nelter falou sobre o acontecido e relatou que apoia as blitz educativas, para que a população tenha consciência do que é certo e errado, mas que é contra atitudes coronelistas como essa do Deputado.
Confira o vídeo:

Proposta estabelece isenção de taxa para emissão de segunda via de documento roubado

 Projeto de Lei 2445/19 isenta do pagamento de taxas a emissão de segunda vida de documentos de identificação pessoal que tenham sido roubados. Pelo texto, para ter direito ao benefício, a vítima deverá apresentar ao órgão público emissor o respectivo boletim de ocorrência policial, no qual deverá constar o número dos documentos roubados ou furtados.

A proposta estabelece que a isenção deva ser solicitada no prazo máximo de 60 dias contados da data do registro policial do roubo ou furto.

O texto também prevê que, no caso de comunicado falso à autoridade sobre o roubo/furto de documento, o responsável deverá pagar, além das taxas correspondentes para a emissão dos documentos, multa no valor de R$ 500,00, sem prejuízo da responsabilização civil e criminal.

O deputado Boca Aberta (Pros-PR), autor do projeto, explica que, com o índice crescente da violência, as autoridades públicas com o tempo perderam o controle sobre os casos de subtração criminosa dos bem materiais dos cidadãos, entre os quais, os documentos de identificação pessoal.

Leia maisProposta estabelece isenção de taxa para emissão de segunda via de documento roubado

Pesquisas sobre educação são destaque entre os vencedores do Prêmio BNB de Economia Regional

As relações entre os processos escolares eficazes e o desempenho de alunos de escolas públicas e os efeitos da seca no desempenho escolar nas escolas rurais. Esses são os temas dos trabalhos acadêmicos vencedores do Prêmio Banco do Nordeste de Economia Regional, anunciados nesta quinta-feira, 18, em Fortaleza, durante o Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento. O evento comemora os 67 anos da instituição e prossegue até amanhã, com ampla programação.

Os trabalhos premiados são de autoria dos pesquisadores Danyelle Branco e José Gustavo Féres, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), e Ana Luíza Farage Silva, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O Prêmio BNB de Economia Regional tem como objetivo estimular a pesquisa no campo da ciência econômica pura e aplicada, segundo a perspectiva regional. São contemplados dissertações de mestrado e artigos científicos, todos trabalhos inéditos sobre temas relevantes para a economia regional.

“Ao longo de 23 anos, o Prêmio tem estimulado o debate de alto nível sobre a economia regional, levantando questões fundamentais relacionadas a desafios do Nordeste brasileiro e proporcionando um ambiente no qual se apontam caminhos e soluções. O Prêmio também amplia o relacionamento do Banco com a academia, fortalecendo intercâmbio de informações e experiências extremamente profícuo”, afirmou o gerente do Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), Tibério Rômulo Romão Bernardo.

Leia maisPesquisas sobre educação são destaque entre os vencedores do Prêmio BNB de Economia Regional

Sem tempo para se preparar, Caixa contribuiu para adiar liberação do FGTS

Além do impasse sobre a parcela que poderá ser retirada das contas do FGTS, a Caixa também foi responsável pelo adiamento da liberação dos recursos do fundo. Segundo o jornal Estadão, representantes do banco estatal reclamaram que estava muito em cima da hora para colocar de pé um plano de atendimento aos trabalhadores para o saque do FGTS.

Em 2017, para que 25,9 milhões de trabalhadores retirassem R$ 44 bilhões das contas inativas (de contratos anteriores) do FGTS, a Caixa preparou um esquema de atendimento que previu a abertura das agências mais cedo e nos fins de semana no período, que foi de 10 de março a 31 de julho.

Apesar de incluir os saques do FGTS e do PIS/Pasep na solenidade de 200 dias de governo Bolsonaro, o anúncio da medida em detalhes será na semana que vem, informou na tarde desta quinta-feira, 18, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Leia maisSem tempo para se preparar, Caixa contribuiu para adiar liberação do FGTS

Nelter sugere isenção de IPVA para mototaxistas com motos de até 200 cilindradas

Em um rápido encontro com a governadora Fátima Bezerra (PT), no início da tarde desta quinta-feira (18), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) agradeceu o estímulo e o apoio dado pelo Governo do Estado na realização de audiências públicas pelo Rio Grande do Norte. Estas audiências têm objetivo de orientar a população sobre a isenção do pagamento de IPVA para motos de uso rural e sobre a lei que perdoa dívidas de IPVA de motos com até 150 cilindradas (Lei 10.507/2019).

“Idealizadas por nosso mandato, ambas as leis proporcionam benefícios aos proprietários de motos que residem no campo e na cidade. Além dos proprietários de motocicletas, estas leis também são benéficas ao Governo do Estado, principalmente a Lei 10.507/2019, que autoriza o RN a conceder remissão de crédito tributário relativo ao IPVA”, frisou o parlamentar, apontando que até dia 11 de julho os cofres do Governo já haviam arrecadado aproximadamente R$ 2,3 milhões, recursos adquiridos após sanção da lei 10.507/2019.

Ainda na oportunidade, Queiroz solicitou que a governadora envie projeto à Assembleia Legislativa do RN, propondo atualização da Lei que dispõe sobre o IPVA no Rio Grande do Norte. A ideia proposta por Nelter é que a isenção do pagamento deste Imposto seja concedida a mototaxistas que tenham motos de até 200 cilindradas. “Atualmente, a Lei em questão só beneficia mototaxistas com motos de até 150 cilindradas, o que já está ultrapassado, uma vez que a maioria das motos fabricadas na atualidade são acima de 160 cilindradas”, disse o deputado.

No encontro, Fátima Bezerra e Nelter Queiroz também conversaram sobre o Programa Governo Cidadão e algumas importantes obras estruturantes que precisam ser viabilizadas no Seridó e Vale do Assú, visando o desenvolvimento destas valiosas regiões do Rio Grande do Norte. Uma outra audiência entre o parlamentar e a governadora ficou pré-agendada para debater os assuntos em questão com mais profundidade.

O ex-prefeito de São Vicente, Joci Lins e o vereador jucurutuense Faguinho Brito também participaram deste encontro.

Mais de 11 mil famílias pediram desligamento do Bolsa Família em 2019

Mais de 11 mil famílias solicitaram desligamento voluntário do Bolsa Família em 2019, segundo o Ministério da Cidadania. Geralmente, o cancelamento do benefício é pedido quando beneficiário consegue um emprego formal.

O programa atende cidadãos em situação de pobreza e de extrema pobreza e inclui famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de até 17 anos.

Segundo a pasta, se a família que solicitou o desligamento voluntário precisar novamente do benefício, o processo é simples. Se o pedido foi há menos de 36 meses, basta procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na sua cidade, levar a documentação e solicitar a reversão do cancelamento.

Famílias consideradas abaixo da linha da pobreza, com renda per capta de até R$ 178 por mês, tem retorno garantido ao programa. Para solicitar a reinclusão, o beneficiário deve procurar o setor responsável pelo Bolsa Família de seu município. É necessário levar CPF ou título de eleitor e documento de identificação do responsável familiar. Além disso, é preciso apresentar a documentação de todos os integrantes da família, para atualizar o cadastro.

Leia maisMais de 11 mil famílias pediram desligamento do Bolsa Família em 2019

Ezequiel propõe audiência pública para legalização de Bela Parnamirim

Uma comitiva composta por onze vereadores do município de Parnamirim participou, nesta quinta-feira (18), de uma reunião com o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), com o objetivo de discutir a possibilidade de agregar o Distrito de Bela Parnamirim, localizado exatamente na divisa entre Parnamirim e Macaíba.

Os vereadores de diversos partidos explicaram a Ezequiel Ferreira a necessidade da união de todos os entes públicos, como as câmara municipais e as prefeituras de Parnamirim e Macaíba e da Assembleia Legislativa, nesse processo que visa, antes de mais nada, oferecer cidadania aos mais de seis mil moradores do Distrito de Bela Parnamirim.

“Esse é um problema que se arrasta há muito tempo. Somente com a união de todos, chegaremos a solução. O nosso desejo é realmente chegar com os serviços públicos para essa população que hoje não pertence nem a Macaíba e nem a Parnamirim”, disse o presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, Irani Guedes.

Diante do exposto pelos vereadores, Ezequiel Ferreira colocou a Casa Legislativa a disposição dos edis e se comprometeu em convocar os deputados para se engajarem na discussão e na luta por essa conquista para a população daquela localidade.

Leia maisEzequiel propõe audiência pública para legalização de Bela Parnamirim

Ex-diretor denuncia roubo e corrupção na CAERN

O ex-diretor do escritório regional do Oeste, da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande o Norte (CAERN), João Maria Sousa afirmou que conhece desmandos nas entranhas da empresa que teriam sido praticados por pessoas que assumiram cargos de confiança. Ele chama a atenção do Ministério Público e da Polícia Federal para que essas pessoas sejam investigadas por roubo e corrupção, sugerindo inclusive uma realização de uma auditoria.

A denúncia em forma de desabafo foi feita através de uma rede social, quando justificou que sempre foi contra a privatização da Companhia até ter acesso à forma como o dinheiro vinha sendo sangrado dos cofres públicos e enriquecendo diretores e gerentes.

“Sou empregado da CAERN há quase dez anos e sempre, durante esse período, tivemos debates sobre a privatização da Companhia. Por conta das dificuldades que outros municípios iriam passar, a maior parte das cidades do estado, é que sempre fui contra tal medida”, enfatizou.

Leia maisEx-diretor denuncia roubo e corrupção na CAERN

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: