Campanha eleitoral britânica é interrompida após atentados

Resultado de imagem para Campanha eleitoral britânica é interrompida após atentados

A campanha eleitoral britânica foi suspensa neste domingo (4), um dia após um atentado terrorista deixar sete mortos em Londres.

A ação feriu também ao menos 48 pessoas. Três suspeitos de envolvimento no ataque foram mortos em um confronto com a polícia.

A interrupção afeta a campanha nacional, mas não as iniciativas locais, como a distribuição de panfletos.

Apesar de não ser o principal tema das eleições deste ano -dominadas pela economia, pelo “brexit” e pelos serviços sociais- a segurança estará inevitavelmente no debate público do restante da semana. O pleito será celebrado na quinta-feira (8). As informações são do jornalista Diogo Bercito, em Madri para Folha de São Paulo.

Os comícios já haviam sido recentemente suspensos quando um homem-bomba matou 22 pessoas durante um show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, em 22 de maio.

Em março, um homem atropelou quatro pessoas e esfaqueou um policial nas imediações do Parlamento.

Horas depois do ataque de sábado, o governo declarou que a ação foi de caráter terrorista e, na sequência, a primeira-ministra conservadora, Theresa May, convocou uma reunião da cúpula de segurança.

O prefeito de Londres, o trabalhista Sadiq Khan, tomará parte no encontro. Ele afirmou, durante a manhã, que as eleições não vão ser adiadas devido ao ataque.

May é a favorita ao pleito, mas o apoio a seu partido tem minguado nas últimas semanas, indicando que pode perder assentos. Quando convocou o voto, em abril passado, a perspectiva era de ampliar a maioria parlamentar e ter uma margem mais ampla para negociar o “brexit”, nome dado à saída do Reino Unido da União Europeia.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: