Bolsonaro manifesta apoio a Gentili após condenação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) manifestou apoio nesta quinta-feira (11) nas redes sociais ao apresentador Danilo Gentili, condenado à pena de seis meses e 28 dias de detenção, em regime semiaberto, por injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

“Me solidarizo com o apresentador e comediante Danilo Gentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros”, disse Bolsonaro nas redes sociais.

Maria do Rosário também processa Bolsonaro. Ele foi condenado a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais em fevereiro por ter dito em 2014 que ela não merecia ser estuprada por ser “muito feia”. Cabe recurso.

A declaração tornou Bolsonaro réu, mas a ação foi suspensa depois que ele assumiu a Presidência.  Folha de São Paulo

A ação contra Gentili foi aberta pela deputada por causa de um vídeo publicado em 2017.

Nele, Gentili, que conduz o programa “The Noite” no SBT, mostra um documento enviado a ele pela Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados.

O documento era, segundo a sentença, uma tentativa de conciliação extrajudicial para que Gentili apagasse publicações no Twitter sobre Maria do Rosário. À Justiça, Maria do Rosário disse que a hostilidade de Gentili, pelo alcance de suas publicações, gerou uma série de ameaças a ela na internet.

No vídeo, o apresentador rasga a notificação, coloca os papéis dentro de suas calças e vai ao correio para enviar o conteúdo de volta à Câmara. Gentili poderá recorrer em liberdade. Ele disse na época ver uma tentativa de intimidação e de censura.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: