Banco do Nordeste executa presidente da Câmara de Assú por dívida de R$ 303 mil

Resultado de imagem para presidente joao walace

O  Banco do Nordeste do Brasil S/A ingressou com ação de título extrajudicial contra o empresário ceramista e  presidente da Câmara de Vereadores do Assú João Walace da Silva, para cobrar uma dívida de R$ 303.461,69.

O juiz Diego de Almeida Cabral mandou intimar o bem sucedido vereador e empresário para que em 03 (três) dias efetuar voluntariamente o pagamento da dívida, acrescida de correção monetária, juros de mora, custas processuais e honorários advocatícios.

O juiz determinou que, não efetuado o pagamento, a Justiça deve penhorar bens do empresário e presidente do legislativo para a quitação da dívida. O magistrado diz ainda que ficam os Oficiais de Justiça autorizados, desde já, a proceder, caso o devedor feche as portas da casa a fim de obstar a penhora dos bens, com o arrombamento. Veja aqui documento

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: