CCJ da Assembleia aprova admissibilidade da PEC da Previdência no “vapt-vupt”

O Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Estado (SINSP-RN) está impressionado com a rapidez com que o relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, deputado Francisco do PT, aprovou o texto encaminhado pelo Governo do Estado e construiu o seu voto favorável.

Francisco do PT, segundo o sindicato, precisou apenas de 30 minutos para analisar o texto de 24 páginas, mais 60 páginas de cálculo atuarial, com quase 2,5 linhas e escrever um relatório de três páginas.

O Sinsp-RN narra em seu site:

“Em reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, o Deputado Francisco do PT, relator do projeto de reforma da Previdência do governo estadual, disse que precisaria de mais tempo para conhecer a matéria da PEC da morte e propôs uma sessão extraordinária na quinta-feira, dia 20. No entanto, foi obrigado a mudar de opinião depois que Raimundo Fernandes e George Soares, líder do governo, interferiu na fala do parlamentar. Por causa da interferência, Francisco voltou atrás como um cachorro arrependido.

Ou seja, cedendo aos colegas, Francisco apresentou um relatório favorável ao governo e contrário aos servidores públicos, a qual admitiu não conhecer e ignorando o fato de que ela vai prejudicar a vida dos servidores ativos, aposentados e pensionistas do Rio Grande do Norte. O parlamentar, com isso, não apresentou o relatório, apenas cumpriu uma ordem.

O projeto tem 24 páginas, além de 60 páginas do cálculo atuarial. São quase 2 mil linhas. Em 30 minutos, ele leu 84 páginas e escreveu um relatório de 03 páginas. O deputado gastou cerca de 23 segundos por página na leitura. Antes, ele já tinha declarado que não tinha conhecimento do projeto. A cena lembrou o relator da Lava Jato no caso do ex-presidente Lula, no TRF-4.

No quesito rapidez, Francisco foi rápido em se juntar ao Governo do RN na tentativa de penalizar ainda mais os trabalhadores estaduais.”

Leia maisCCJ da Assembleia aprova admissibilidade da PEC da Previdência no “vapt-vupt”

Especialista recomenda medicamentos antimalária contra coronavírus

O líder de uma equipe de especialistas da autoridade sanitária chinesa recomendou o uso de medicamentos antimalária para tratar pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Zhong Nanshan disse a repórteres, nessa terça-feira (18), que testes clínicos revelam que o fosfato de cloroquina é eficaz. Ele afirma que apesar de não ser um medicamento milagroso, pacientes que o tomaram tiveram teste negativo para o vírus em um período de 15 dias, sem efeitos colaterais graves.

Zhong também disse que o tratamento utilizando plasma sanguíneo de pacientes já curados é relativamente seguro e eficaz para aqueles em estado grave.

O governo chinês considera esse tratamento promissor e pede que as pessoas que receberem alta doem seu plasma.

*Emissora pública de televisão do Japão

Secretária Municipal De Administração de Natal recebe 60 mil de férias indenizadas no mês de janeiro de 2020

De acordo com o portal da transparência da Prefeitura de natal, a Secretária Municipal de Natal, Adamires França, recebeu o total de 60 mil reais a título de Férias Indenizadas da Prefeitura da cidade no mês de janeiro de 2020.

O fato pode ser comprovado no link aqui.

A fiscalização dos atos de gestão também é um dos compromissos do Sinsenat. Por isso, o Sinsenat requer esclarecimentos da Prefeitura acerca da legalidade que justifique o pagamento de quantia tão elevada, sobretudo em um período que é recorrente a gestão afirmar não haver recursos para o pagamento de diversos direitos dos servidores municipais.

*SINSENAT – Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Natal

Nélter Queiroz reclama de contrato no Detran validado mediante liminar

O deputado estadual Nélter Queiroz (MDB) denunciou no plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (18) um contrato do Detran-RN que estaria causando um prejuízo de R$ 14 milhões aos cofres do Estado. Segundo o parlamentar, caso o Governo não tome medidas para resolver a questão, proporá a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a situação.

“Quero fazer um alerta, uma denúncia, onde o nosso Estado está perdendo quase R$ 14 milhões de licitação feita no governo passado. Provas cedidas pelo próprio diretor do Detran, que já informou ao Gabinete Civil. Faço apelo público a governadora Fátima Bezerra”, disse Nélter.

De acordo com o deputado, o governo Fátima precisa acionar a Procuradoria Geral do Estado para derrubar uma liminar obtida por uma empresa paraibana, que obrigou o RN a manter como está o serviço de vistoria eletrônica do Detran, mas o órgão potiguar teria condições de realizar internamente o mesmo serviço, sem custos para o Estado e ainda ficaria com o lucro gerado pelo mesmo.

A empresa questionada venceu licitação ainda no governo passado e mantém o trabalho devido essa liminar. “Fátima, o Detran que você comanda, já encaminhou para a PGE que está tendo prejuízo de quase R$ 14 milhões ano, e que empresa terceirizada está levando esse dinheiro do povo e o Estado está perdendo. Caso as medidas não sejam tomadas, vamos propor uma CPI para investigar realmente porque o Estado não tem interesse de colocar abaixo essa liminar que está tirando dinheiro do RN”, disse.

Leia maisNélter Queiroz reclama de contrato no Detran validado mediante liminar

Bolsonaro insulta repórter da Folha com insinuação sexual

Resultado de imagem para bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro insultou nesta terça-feira (18), com insinuação sexual, a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha. “Ela [repórter] queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim [risos dele e dos demais]”, disse o presidente, em entrevista diante de um grupo de simpatizantes em frente ao Palácio da Alvorada.

A declaração do presidente foi uma referência ao depoimento de um ex-funcionário de uma agência de disparos de mensagens em massa por WhatsApp, dado na semana passada à CPMI das Fake News no Congresso.

O depoimento à comissão foi de Hans River do Rio Nascimento, que trabalhou para a Yacows, empresa especializada em marketing digital, durante a campanha eleitoral de 2018.

Já na CPMI, diante de deputados e senadores, ele deu informações falsas e insultou Patrícia, uma das autoras de reportagem sobre o uso fraudulento de nomes e CPFs para permitir o disparo de mensagens.

Leia maisBolsonaro insulta repórter da Folha com insinuação sexual

Cunhada do deputado George Soares recebe quase 12 mil por mês do SENADO FEDERAL para ser empresária em Natal


A sombra e água fresca para os familiares e agregados do deputado estadual George Soares não param, a sua cunhada que tinha sido exonerado ano passado da Câmara Federal, para ceder o contra cheque gordo para a irmã do parlamentar, foi premiada com um novo cargo, mais gordo, pois agora recebe quase 12 mil reais por mês, e ao ano passa dos 156 mil reais.

O que chama a atenção, é que a cunhada do deputado recebe 12 mil, para administrar uma empresa do ramo de locação de móveis, advogar, e ser blogueira, as custas é claro, do cidadão assuense, que garantiu o voto a Zenaide Maia, e assim, deu direito a George de garantir o sustento de sua família.

Enquanto o deputado não passa óleo de peroba na cara, pois vive na rádio denegrindo e falando de pessoas de bem, que receberam remuneração por trabalhar, e esquece que ele garante salários gordos sem sequer as pessoas indicadas trabalharem, mas que são privilegiadas, porque uma parte do eleitorado, deu a votação acertada entre o deputado a senadora Zenaide, e assim, ela retribuiu o voto do povo com salário na conta dos familiares do parlamentar.

Lucianny Edja trabalha em prol do fortalecimento da Mulher na política


A ex secretária de Saúde da cidade do Assú, Lucianny Edja, e que é pré candidata a vereadora, em contato com o Blog, afirmou que trabalha ao lado de Beatriz e Delkiza, para fortalecer a Mulher na política, e que a união é algo que as deixam mais fortes.

A inserção de mulheres na política precisa ser estimulada, pois o Brasil é um dos que tem a menor representatividade feminina na política, apesar do avanço visível no último pleito.

Em Assú, existem hoje 4 mulheres num total de 15 vereadores, o que equivale a pouco mais de 25%, e isso pode crescer na eleição desse ano, e pensando nisso, Lucianny Edja se pronunciou colocando seu nome à disposição nessa disputa, e trabalha ao lado das vereadoras para que essa representatividade seja bem mais expressiva esse ano.

Lucianny ganhou notoriedade pelo trabalho que desenvolveu na Saúde do munícipio, nas gestões do então prefeito Ivan Júnior.

Caicó: MPRN discute perfil de atendimento que será implementado no Hospital do Seridó

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) realizou, no último dia 11 de fevereiro, uma reunião para tratar sobre o Hospital do Seridó, em Caicó. O encontro, ocorrido na sede das Promotorias de Justiça de Caicó, contou com a presença de representantes do MPRN e de integrantes da Gestão Municipal de Caicó, Hospital do Seridó, Hospital Regional de Caicó, 4ª URSAP, CIR, SESAP, Conselho Municipal de Saúde de Caicó e Câmara Municipal de Caicó.

A promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Saúde, Kalina Correia, iniciou a reunião fazendo um resgate histórico da situação do Hospital do Seridó, antiga Fundação Carlindo Dantas, e fez referência à visita realizada no hospital no período da manhã, apontando irregularidades como deficiência nos processos de trabalho, falta de planejamento das cirurgias eletivas (principalmente as particulares), ausência de uma sala cirúrgica exclusiva para o atendimento obstétrico, ausência de prestação de contas dos recursos financeiros obtidos através dos atendimentos particulares, dentre outros.

Também foi abordada a situação da assistência obstétrica da 4a Regional de saúde, onde Caicó está inserida, que em 2019 teve índices preocupantes de mortalidade materna (4 óbitos maternos) e neonatal (25 óbitos neonatais), sendo a principal causa destes a baixa qualidade da assistência obstétrica ofertada na região, principalmente no Hospital do Seridó.

Como resultado do encontro, foram definidos alguns encaminhamentos. Dentre eles, o ente municipal deve realizar prestação de contas ao MPRN de todos os gastos, incluindo os recursos financeiros privados obtidos pelo Hospital do Seridó, dos últimos dois anos, ou seja, desde a sua municipalização; apresentar a relação de todos os médicos que prestam serviços no Hospital, indicando os respectivos vínculos, bem como cópia dos contratos firmados, se houver; fazer um estudo de viabilidade financeira para o efetivo funcionamento do Hospital como referência regional para a assistência ao parto de risco habitual, apresentando as necessidades de recursos humanos, equipamentos, insumos e materiais.

O MPRN quer ainda que seja apresentado o relatório de gastos dos recursos decorrentes de Emendas Parlamentares, na ordem de R$ 1 milhão, indicando o que ainda possui em caixa. Ficou definida uma próxima reunião para o acompanhamento e discussão dos encaminhamentos para a data de 10 de março de 2020, às 14h, na sede das Promotorias de Justiça de Caicó.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: