fbpx

Alagado há três dias, cruzamento das Avenidas Ayrton Senna e Alagoas não tem prazo para ter água drenada

Região está completamente alagada desde chuvas do final de semana — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O cruzamento entre as avenidas Ayrton Senna e Alagoas, no bairro de Neópolis, zona Sul de Natal, segue interditado. A lagoa de captação do conjunto Pirangi transbordou, alagando as duas vias do cruzamento, um dos principais daquela região.

De acordo com a Secretaria Municipal De Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), não há previsão para que o trecho tenha as condições de tráfego restabelecidas, já que a drenagem no local está comprometida.

“As bombas estão funcionando, mas todo o solo da região Sul está saturado”, afirmou Carlson Gomes, titular da pasta.

A drenagem joga as águas de lagoas de captação para lençóis freáticos com auxílio de bombas. Apesar de estarem em funcionamento, os equipamentos não conseguem concluir o trabalho pelo solo que absorve a água já estar sobrecarregado, devido às chuvas de mais de 200 milímetros nos primeiros dias do mês.

A situação prejudicou outras lagoas de captação da zona Sul, como a da Rota do Sol. O trecho da via segue interditado. Um condutor precisou ser resgatado nesta terça-feira (5) no local, após não conseguir atravessar por trecho alagado.  A bomba que atua na drenagem não foi danificada, mas o volume de água após os mais de 200 milímetros de chuvas.

G1RN

Eleições: Ciro e Tebet se encontram em ato realizado na Bahia

Ciro faz aceno a Tebet como vice, mas senadora não abre mão de encabeçar  chapa à Presidência | Jovem Pan

Os pré-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) se encontraram na caminhada da festa da Independência do Brasil na Bahia neste sábado, 2. Ambos marcaram presença na tradicional Caminhada do Largo da Lapinha, no Bairro da Liberdade, em Salvador, e exaltaram a democracia. Tiraram fotos juntos e compartilharam em redes sociais.

Ciro e Simone marcam o terceiro e quarto lugar nas pesquisas. Segundo o Agregador de Pesquisas do Estadão, o ex-ministro tem 8% das intenções, enquanto a senadora registra 2%.

Em entrevista à CNN,  Ciro afirmou que anunciará sua entrada oficial na corrida eleitoral no dia 23 deste mês, durante convenção do PDT. O pré-candidato ainda não indicou um nome para ocupar a vaga de vice-presidente em sua chapa. “Meu vice ou minha vice só será escolhido ou escolhida em julho. Nós vamos delegar à Executiva Nacional do PDT até o último dia possível, que é o dia 6 de agosto.”

Ciro também destacou a importância do evento. “Aqui se matou e se morreu. Sangue de brasileiros baianos foi derramado para construir a nação brasileira e sua independência. E isso a gente tem de rememorar hoje porque o Brasil está sendo de novo vendido ao estrangeiro”, disse, durante a caminhada.

Simone Tebet chegou na sexta-feira, 1º, a Salvador, onde cumpriu agenda na Obras Sociais Irmã Dulce e com marisqueiros e pescadores. Pela manhã de hoje, esteve com a vice-governadora de PE, Luciana Santos (PCdoB), com o presidente do Cidadania, Roberto Freire, e com outras lideranças políticas.

A senadora também publicou uma foto do encontro com Ciro nas redes sociais. “Bahia é terra de todos. Democracia e civilidade. Adversário não é inimigo”.

Tebet também falou à CNN. Disse que está muito otimista e que a recepção positiva dos baianos “mostra o que as pesquisas me indicam. Eu sou a pré-candidata menos conhecida, mas também a menos rejeitada”. Ela reforça que o ato é o início de sua pré-candidatura.

 

VÍDEO: Ao lado de Jean Paul Prates e de petistas, Carlos Eduardo evita fazer o ‘L’ de Lula; ASSISTA

O senador Jean Paul Prates, do PT do RN, reuniu, ao lado do prefeito Odon Júnior (PT), neste sábado (02) em Currais Novos, a militância petista na região.

Encontro articulado por Jean, suplente na chapa de Senado, para apresentar o pré-candidato ao Senado na chapa da governadora Fátima Bezerra (PT), Carlos Eduardo.

Carlos é filiado ao PDT, que tem como candidato a presidente, Ciro Gomes.  Ciro que tem apoio de Carlos.

Lula que não tem o apoio de Carlos Eduardo. Prova disso foi o comportamento do ‘senador dos petistas’, quando a militância gritou “Lulá….”.

Só o pré-candidato ao Senado evitou fazer o L e não gritou “Lulá”. Veja imagens.

 

Com informações do Blog Thaisa Galvão

 

Pacheco diz a senadores que irá abrir duas CPIs do MEC; funcionamento deve ocorrer após as eleições

Pacheco rejeita pedido de impeachment de Bolsonaro contra Alexandre de  Moraes | Blog da Natuza Nery | G1

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), decidiu hoje (5) que lerá em plenário o requerimento para criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do MEC (Ministério da Educação) para investigar a suspeita de irregularidades no repasse de verbas da pasta.

Além disso, ele também lerá os pedidos dos governistas para a abertura de inquérito contra o crime organizado e contra as obras inacabadas em creches, escolas e universidades durante o governo petista. A instalação das investigações, contudo, só deve ocorrer após as eleições de outubro.

A decisão ocorreu nesta manhã, depois da reunião de líderes da Casa. A partir da leitura dos ofícios, caberá aos líderes indicarem os membros das comissões e definirem a data de instalação do processo investigatório no Senado.

Com informações do UOL

 

Prefeitos de Nísia Floresta e de Bodó confirmam apoio à pré-candidatura de Fábio Dantas

O pré-candidato do Solidariedade ao Governo do Estado, Fábio Dantas, consolidou apoios importantes no fim de semana, em encontros com os prefeitos nos municípios de Nísia Floresta, Daniel Marinho, e de Bodó, Marcelo Porto.

No sábado (02), Fábio Dantas esteve em Nísia Floresta com o prefeito Daniel Marinho, com o presidente da Câmara, Marcelo Mesquita, a vice-prefeita Marize Leite, o vereador Zé Nilton e lideranças comunitárias.

“Nisia Floresta é uma cidade de potencial turístico e gastronômico que precisa do incentivo certo. Um Governo que auxilie o pequeno empresário a manter, por exemplo, seu restaurante domiciliar como a população local gosta de fazer”, disse Fábio Dantas.

No domingo (03), em Bodó, Fábio recebeu o apoio do prefeito Marcelo Porto. Na oportunidade, Fábio esteve ainda com o ex-prefeito de Lagoa Nova, Erivan Costa e o vereador Erivan Filho.

Fonte: Portal Grande Ponto

Projeto de Nelter reconhece a Serra do Cuó como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do RN

Após protocolar projeto de lei que busca reconhecer a Festa de Santana, do município de Campo Grande, como patrimônio cultural e imaterial do Estado do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Nelter Queiroz (PSDB) encaminhou outro projeto de lei, na última quinta-feira (30), na Assembleia Legislativa, buscando reconhecer a Serra do Cuó, em Campo Grande, como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do RN. O município de Campo Grande é localizado na região Oeste do Estado, a 265 quilômetros de distância de Natal.

“A conservação e a preservação deste grande monumento natural se faz bastante necessárias e o desenvolvimento do ecoturismo funciona como uma importante alternativa para a conservação de áreas ricas em biodiversidade por meio do manejo sustentável do local”, frisou o parlamentar, lembrando que a Serra do Cuó tem um grande potencial para a prática de esportes ao ar livre e para a realização de trilhas, que levam o aventureiro até o ponto mais alto da Serra para apreciar uma vista espetacular da região.

Ainda de acordo com Queiroz, a Serra do Cuó é o único lugar do Rio Grande do Norte que abriga todos os tipos de escaladas: Boulder, Esportivas, Tradicionais, Fendas, Esportivas Móveis, Vias Longas, Vias para Iniciantes e Vias de Extrema Dificuldade.

“A sua importância e os seus indiscutíveis valores ambientais, econômicos e sociais requer ações visando sua proteção integral, de forma a manter a integridade dos ecossistemas locais e, ao mesmo tempo, permitir o desenvolvimento de atividades de pesquisa, turismo e recreação”, defendeu Nelter Queiroz, pontuando que a Serra do Cuó possui os requisitos necessários para o seu reconhecimento como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do Estado do Rio Grande do Norte.

CURIOSIDADES

O nome “Cuó” é derivado de Acauã, uma ave comum na região em que está localizada a Serra do Cuó. A região é de clima semiárido e de grande importância ecológica, com espécies arbóreas de grande porte, incluindo espécies de importância biológica e pinturas rupestres.

Alguns pontos se destacam na Serra do Cuó a exemplo da Porta do Abismo, a qual apresenta-se como uma natural e singular formação rochosa, em forma de porta; dela se descortina um abismo de 35 metros de onde se pode ver o açude da Fazenda Poço Verde e a Serra João do Vale, localizada entre os municípios de Jucurutu e Triunfo potiguar. Já o Bico do Papagaio, situa-se na parte oriental da Serra do Cuó, com elevação aproximada de 430 metros de altura.

Além destes, destaca-se o Talhado dos Americanos ou Pico dos Americanos, sendo este o ponto mais alto da Serra do Cuó, com aproximadamente 500 metros de altitude. Esse ponto recebeu essa denominação por ter sido usado como ponto de referência na segunda guerra mundial pelos americanos, que saiam da base aérea de Parnamirim rumo à África. A partir do Talhado dos Americanos é possível avistar não só a cidade de Campo Grande, mas também os municípios de Triunfo Potiguar, Caraúbas e Mossoró.

PT domina cinco capitais há 20 anos e perde hegemonia em quatro

Em Natal, o Partido dos Trabalhadores oscilou na opinião pública desde 2002

Os mapas dos votos válidos registrados nos segundos turnos das eleições presidenciais de 2002 para cá permitem afirmar que cinco capitais brasileiras se mantêm fiéis ao petismo, em maior ou menor proporção, nos últimos 20 anos. São elas: Salvador, Teresina, São Luís, Fortaleza e Recife.

Pesquisas feitas a partir da plataforma Geografia do Voto, parceria entre o Estadão e agência Geocracia, especializada em geoinformação, mostra ainda que, em 2018, a população de Aracaju também não elegeu o atual presidente, Jair Bolsonaro, mas havia optado pelo tucano José Serra em 2010, quebrando, portanto, o ciclo de apoio a candidatos do PT. Já Maceió e Natal, também na região Nordeste, oscilaram entre petistas e tucanos desde 2002. Por fim, João Pessoa mudou de posição só na eleição passada.

Para o geógrafo e cientista político Luiz Ugeda, criador da ferramenta, as capitais mais fiéis ao petismo são dos estados com as maiores geografias interioranas do Nordeste. “No semiárido, o PT sempre foi imbatível, o que é uma questão geográfica também. Tem muito a ver com a transposição do Rio São Francisco e as bandeiras regionais”, afirmou.

Pelo país

Quando a análise se dá em todo o País, é possível observar outras capitais que deixaram o petismo só em 2018: Manaus e Macapá, no Norte; e Rio, no Sudeste. Na capital fluminense, no entanto, os mapas ilustram que o apoio diminui gradativamente. Quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se elegeu presidente pela primeira vez, em 2002, a população do Rio deu a ele 80,96% dos votos válidos. Quatro anos depois, essa taxa caiu a 65,91% e, com Dilma Rousseff, foi de 60,98% (2010) e 50,76% (2014). Em 2018, a cidade virou reduto de Bolsonaro, ajudando em sua eleição com 66,35% dos votos.

Em Manaus, essa mudança é percebida de forma mais radical. Em 2006, quando Lula foi reeleito, a capital do Amazonas foi a que lhe deu mais votos proporcionais: 721 mil votos ou 87,34% do total. Na época, o adversário, Geraldo Alckmin (então no PSDB), que hoje é vice na chapa de Lula pelo PSB, somou 12,65%. O apoio se manteve em 2010 e 2014, mas em 2018 o cenário mudou e os manauaras deram 65,71% dos votos válidos a Bolsonaro contra 34,28% a Fernando Haddad (PT).

Estadão Conteúdo

Prefeitos de Parazinho, Caiçara do Norte, Nísia Floresta e Bodó consolidam apoio a Fábio Dantas

O pré-candidato ao Governo do Estado, Fábio Dantas, e o pré-candidato ao Senado, Rogério Marinho, visitaram, neste sábado (02), os municípios de Parazinho e Caiçara do Norte. Além disso, Fábio Dantas, consolidou apoios importantes no fim de semana, em encontros com os prefeitos nos municípios de Nísia Floresta, Daniel Marinho, e de Bodó, Marcelo Porto.

Fábio Dantas falou sobre os projetos para o desenvolvimento do Estado: “Andamos pelos municípios do Rio Grande do Norte para falar sobre o que acreditamos. Queremos uma gestão que represente as cidades e os anseios das pessoas, que possa transformar nossos sonhos e esperanças em realidade”, disse Fábio Dantas.

Participaram do encontro o deputado estadual e pré-candidato à reeleição, Gustavo Carvalho, o presidente da Câmara, Cinaldo e os vereadores Weslley Morais, Jardel Pereira, Janailton Francisco e Eduardinho.

Em Nísia Floresta, Fábio Dantas esteve com o prefeito Daniel Marinho, com o presidente da Câmara, Marcelo Mesquita, a vice-prefeita Marize Leite, o vereador Zé Nilton e lideranças comunitárias.

“Nisia Floresta é uma cidade de potencial turístico e gastronômico que precisa do incentivo certo. Um Governo que auxilie o pequeno empresário a manter, por exemplo, seu restaurante domiciliar como a população local gosta de fazer”, disse Fábio Dantas.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: