Atropelamento terrorista deixa oito mortos e vários feridos em Manhattan

Um atropelamento em uma ciclovia de Manhattan seguido por tiros deixou oito mortos e ao menos nove feridos na tarde de terça-feira, segundo relatos da polícia à imprensa de Nova York. A polícia nova-iorquina respondeu ao alerta durante a tarde, no bairro de TriBeCa, e pouco depois anunciou a detenção de um suspeito que dirigia uma caminhonete. A corporação afirmou que a ação teria sido deliberada, e, junto ao FBI, trata o caso como terrorismo.

Testemunhas relataram que a caminhonete avançou por até 20 quadras no sentido contrário da ciclovia adjacente à West Side Highway, na região de Battery Park (zona sul da ilha), ferindo ciclistas e pessoas que passavam no local.

De acordo com a polícia, o suspeito saiu gritando e exibindo duas armas falsas antes de ser baleado na perna e preso. O veículo aparentemente pertencia a uma loja de produtos residenciais.

— Houve um acidente de carro. O atirador saiu de um deles e tinha duas armas. Ele corria pela rua e alguém começou a persegui-lo — contou um estudante de 14 anos à imprensa local. — Eu ouvi entre quatro e seis tiros. Todo mundo começou a correr.

Equipes contraterroristas foram acionadas para o local. O prefeito Bill de Blasio e o governador do estado, Andrew Cuomo, foram acionados ao local pouco após surgirem os relatos do incidente.

— Foi um covarde ato de terror — afirmou De Blasio em coletiva de imprensa.

As vítimas foram levadas para um hospital próximo ao local. Autoridades pediram para a população evitar a área.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: