fbpx

Mulheres empreendedoras do RN são homenageadas na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou, na tarde desta quarta-feira (30), uma sessão solene em homenagem às mulheres empreendedoras do estado. Por proposição da deputada Cristiane Dantas (Solidariedade), empresárias de diversos segmentos foram ao legislativo e receberam placas alusivas ao Dia Estadual do Empreendedorismo Feminino, que é comemorado em 19 de novembro e foi proposto pelo mandato da parlamentar.

A deputada Cristiane Dantas decidiu propor que o dia 19 de novembro fosse incluído no calendário estadual para homenagear as mulheres empreendedoras repetindo a data em que é comemorado o “Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino”, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2014. A ideia da data definida pela ONU foi para mobilizar a comunidade global para reivindicar apoio às mulheres empreendedoras e homenagear as que decidem empreender. Todos os anos, um evento ocorre na sede da ONU e premia mulheres que se destacam em áreas como Tecnologia, Educação e Filantropia. É o chamado Women’s Entrepreneurship Day Pioneer Awards. Pelo menos 144 países comemoram o Dia do Empreendedorismo Feminino desde a primeira edição.

“Empreender é viver rotineiramente enfrentando desafios. Desafio que já se coloca, muitas vezes, em superar a si mesma, na concretização do sonho considerado impossível por muitos. Todas tiveram que acreditar em si mesmas para chegar ao patamar de excelenência em que se encontram hoje”, disse Cristiane Dantas em seu discurso.

Enaltecendo os nomes de várias mulheres que criaram e comandam empresas consolidadas em diversas áreas no Rio Grande do Norte, a deputada Cristiane Dantas disse que a criatividade feminina tem sido diferencial no empreendedorismo no estado. “A criatividade está na nossa essência e é partir dela que as empreendedoras criam oportunidades e inovam. É preciso acreditar e valorizar o potencial feminoino no empreendedorismo”, disse.

Também presente à solenidade, o deputado Hermano Morais (PV) também enalteceu a importância das mulheres empreendedoras e o trabalho de Cristiane Dantas em prol da população feminina do Rio Grande do Norte. “Parabenizo e testmunho esse trabalho em favor da mulher e também de outras boas causas”, falou Hermano.

Falando em nome das homenageadas, a empresária Paula Bezerra agradeceu pela iniciativa da deputada Crstiane Dantas. Para ela, as mulheres precisam continuar sempre buscando seus espaços e não podem aceitar as dificuldades que a sociedade impõe ao empreendedorismo feminino.

“Nós somos a diferença. Cada negócio aqui faz a diferença em várias famílias. Se eles (homens) podem chegar lá, nós também podemos. Sou somente gratidão por vocês terem dado o sim aos negócios”, disse Paula Bezerra.

Por unanimidade, TRE rejeita ação de Carlos Eduardo contra Rogério Marinho

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) julgou improcedente ação movida pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), contra o senador eleito Rogério Marinho (PL). O pedetista foi à Justiça acusar o então adversário no último processo eleitoral por suposto abuso de poder nos meios de comunicação. A ação foi rejeitada por unanimidade pelos magistrados.

No processo, Carlos Eduardo afirmava que Rogério Marinho havia sido beneficiado por comentários de jornalistas da 96 FM. Por outro lado, afirmava que era alvo de críticas depreciativas dos profissionais.

Segundo o advogado Felipe Cortez, que atuou na defesa de Rogério, os juízes do TRE-RN entenderam que a acusação apontava exatamente o “mero exercício da liberdade de expressão” e que “não havia prova nenhuma” da acusação apresentada.

Também ficou claro no julgamento que a emissora em questão promoveu comentários positivos e negativos referentes a diversos outros candidatos, a todos os cargos que estiveram em disputa nas eleições de 2022.

Petroleira investirá R$ 50 milhões em 19 blocos adquiridos no RN

A empresa americana Petro-Victory concluiu a aquisição de 19 blocos de exploração de petróleo onshore (em terra) na Bacia Potiguar. As áreas adquiridas pela companhia de energia estão concentradas na região de Serra do Mel, município no Oeste do Rio Grande do Norte. A expectativa da Petro-Victory é começar a produzir na região em até dois anos. O planejamento é que um poço seja instalado em cada um dos blocos arrematados, o que representaria um investimento inicial de cerca de R$ 50 milhões, segundo o gerente de operações da empresa, Diego Monteiro.

Como os blocos comprados são classificados como exploratórios, significa dizer que ainda não há poços em operação no local. A empresa, no entanto, obteve a cobertura sísmica 3D da região com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e já desenvolve estudos para fazer a perfuração dos poços de produção.

“A gente está fazendo os estudos de interpretação de dados sísmicos e estudo de dados de poços que já existem na área. Estamos fazendo o dever de casa para programar novas perfurações”, detalhou o gerente de operações da Petro-Victory, Diego Monteiro.

Os blocos haviam sido arrematados pela empresa na 3ª Rodada de Oferta Permanente, conduzida pela ANP, em abril deste ano. Para validar o negócio, a Petro-Victory e a agência resolveram nos últimos meses questões burocráticas, como definição de garantias e assinatura do contrato. A compra foi quitada com o pagamento de cerca de US$ 1,5 milhão, com o acréscimo de bônus de assinatura no total de US$ 218 mil.

Com a definição da aquisição, a companhia americana aumentou seu portfólio no Brasil para 38 blocos de exploração de petróleo, sendo 37 deles na Bacia Potiguar. A nova compra também representou um aumento de 99% na área total de atuação da Petro-Victory.

“A gente acredita muito no potencial das áreas, tanto que adquirimos esses blocos. Então, nós estamos fazendo muitos estudos para melhorar a qualidade do estado, para trabalhar reduzindo as incertezas e daí termos uma posição mais confiável para fazer essas perfurações”, afirmou o gerente de operações da companhia.

O crescimento da área de atuação de um operador independente é comemorada pelo presidente da Redepetro-RN, Gutemberg Dias, que destaca o potencial de geração de empregos que o segmento tem para a região.

“É muito importante o crescimento da área de atuação da empresa, porque quando se fala em pesquisa, você tem um tem um incremento muito forte de serviços. A sondagem, por exemplo, é uma das etapas de exploração petróleo que consegue gerar vários empregos. Então isso faz com que a cadeia se dinamize mais. Ou seja, quanto mais tem perfuração, mas você tem a cadeia aquecida e, obviamente, se der óleo você já perspectivas futuras que é de exploração, que aí vai para produção e são outras demandas que se tem”, disse Gutemberg Dias.

Empregos

Leia maisPetroleira investirá R$ 50 milhões em 19 blocos adquiridos no RN

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: