fbpx

China coloca cidade com fábrica da Apple em lockdown

China coloca cidade com maior fábrica de iPhones em lockdown | Mundo |  Valor Econômico

O governo chinês colocou grande parte da cidade de Zhengzhou, sede da maior fábrica de iPhones da Apple, em lockdown por cinco dias, após um novo recorde de casos de Covid no país.

Em 24 horas, foram confirmadas 31,4 mil novas infecções no país, sendo 996 na cidade.

As restrições foram anunciadas depois que centenas de trabalhadores da Foxconn Technology, conhecida como “iPhone City”, saíram de seus dormitórios para protestar contra as condições de trabalho durante a política de Covid Zero do país.

Para manter a produção, a Foxconn Technology decidiu manter os funcionários em alojamentos para evitar a transmissão do coronavírus.

Urgente: Van Hattem obtém 181 assinaturas para ‘CPI do Xandão’

O deputado Marcel van Hattem (Novo-RS) vai protocolar em instantes a CPI do Abuso de Autoridade, apelidada nos bastidores da Câmara como ‘CPI do Xandão’. Ele conseguiu 181 assinaturas, dez a mais que o mínimo necessário.

No requerimento, obtido por O Antagonista, o parlamentar defende a apuração de “violações de direitos e garantias fundamentais, prática de condutas arbitrária sem a observância do devido processo legal, inclusive a adoção de censura e atos de abuso de autoridade, por membros do Tribunal Superior Eleitoral e do Supremo Tribunal Federal”.

São apontados como fatos determinados para a investigação parlamentar o caso de busca e apreensão contra empresários bolsonaristas que defenderam o golpe em grupo de WhatsApp privado, o bloqueio das contas bancárias de 43 pessoas físicas e jurídicas suspeitas de financiarem bloqueios rodoviários e a censura a parlamentares, ao economista Marcos Cintra, à produtora Brasil Paralelo, ao jornal Gazeta do Povo e à Jovem Pan.

Leia maisUrgente: Van Hattem obtém 181 assinaturas para ‘CPI do Xandão’

Nelter defende diplomação do deputado eleito Largatixa: “a justiça precisa respeitar a vontade do povo”

O deputado estadual Nelter Queiroz (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (24), para defender o direito de diplomação e posse do deputado estadual eleito Wendel Lagartixa. O parlamentar trouxe à tona o processo que julga a elegibilidade deste que tem julgamento marcado para esta sexta-feira (25). O caso a ser julgado, determinará se ele poderá tomar posse no cargo na Assembleia Legislativa.

“A justiça precisa respeitar a vontade do povo que elegeu Wendel Lagartixa com mais de 88 mil votos, tornando ele o deputado mais votado do Rio Grande do Norte”, disse Nelter.

O registro de candidatura de Wendel Lagartixa foi indeferido no final do mês de outubro deste ano após decisão do ministro do TSE, Ricardo Lewandowski, por condenações por porte ilegal de arma e munições de uso restrito, o que na época eram considerados crimes hediondos.

Femurn ganha ação e Justiça manda Governo do RN pagar R$ 60 milhões a municípios do Estado

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte condenou o Governo do Estado a pagar um valor superior a R$ 60 milhões aos municípios potiguares. O dinheiro é referente aos valores destinados a programas de assistência farmacêutica e ao fortalecimento da atenção básica, que estavam com seus repasses sendo atrasados pelo Executivo estadual desde gestões passadas e que se mantinham atualmente. Os pagamentos deverão ser feitos em parcelas de R$ 3 milhões. A decisão do Judiciário foi por unanimidade, a partir de ação movida pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn).

“É mais uma grande conquista da nossa entidade municipalista. Tentamos acordo por vias administrativas com o Governo e não obtivemos êxito. O Ministério Público também tentou intermediar, mas não houve acerto por parte do Estado. A atual gestão da Femurn buscou um entendimento de todas as formas, e agora com a decisão do Tribunal de Justiça, os municípios receberão em parcelas, mas que com certeza farão uma diferença grande para a população, em especial na Farmácia Básica”, disse Babá Pereira, presidente da Femurn.

Leia maisFemurn ganha ação e Justiça manda Governo do RN pagar R$ 60 milhões a municípios do Estado

Senadores entram com pedido de impeachment de Luís Roberto Barroso, do STF

Os senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Luiz Carlos Heinze (PP-RS), Styvenson Valentim (Podemos-RN), Lasier Martins (Podemos-RS) e Plínio Valério (PSDB-AM) realizaram uma coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (23/11), no Senado Federal, para anunciar que entraram com um pedido de impeachment de Luis Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Nos senadores da República, que respeitamos os brasileiros, e a Constituição Federal, estamos aqui agora entrando com um pedido de impeachment robusto, do ministro Luis Roberto Barroso, embasado no trabalho feito com juristas”, disse Girão.

Leia maisSenadores entram com pedido de impeachment de Luís Roberto Barroso, do STF

Copa do Mundo: saiba por que Brasil precisa de uma reza forte contra a Sérvia

O sol ainda não tinha raiado quando todos se juntavam em casa ou nas ruas e ligavam a TV. A milhares de quilômetros dali, os gramados japoneses eram o palco para quem produziu a alegria de tantos e tantos brasileiros no lado oposto do planeta. Duas décadas depois, um novo grupo de protagonistas quer repetir a história, agora com um roteiro diferente. O primeiro de sete possíveis capítulos é hoje. Desta vez, não será necessário despertador. A partir das 16h (de Brasília), o Brasil enfrenta a Sérvia pelo Grupo G e inicia a caminhada em busca do sonho de voltar a conquistar a Copa do Mundo. O cenário não poderia ser melhor: o Estádio Icônico de Lusail, palco da final do Mundial do Catar.

A cidade construída para a competição é lar da maior arena do país. São mais de 80 mil lugares para quem testemunhará a história do futebol na decisão de 18 de dezembro. Mas o sonho — ou obsessão — de tantos, por vezes, se faz pressão, entre jovens e experientes. Richarlison, por exemplo, tinha 5 aninhos em 30 de junho de 2002, quando o camisa 9 Ronaldo, o Fenômeno, levou Oliver Khan à lona e fez os dois gols do triunfo contra a Alemanha, em Yokohama.

Leia maisCopa do Mundo: saiba por que Brasil precisa de uma reza forte contra a Sérvia

Tese do PL sobre urnas antigas é “completamente equivocada”, diz professor da USP

Rio de Janeiro – Distribuição das urnas eletrônicas do TRE para os locais de votação nas eleições municipais de 2020, no pólo eleitoral Jardim Botânico. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O argumento de que a presença de ID nos logs de algumas urnas impossibilita o rastreio do log destas máquinas é “completamente equivocado“. A conclusão é do professor Marcos Antônio Simplício Junior, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Um dos responsáveis pela pesquisa da segurança das urnas dentro da instituição, o especialista em segurança de redes e criptografia explicou a O Antagonista por que a proposição não é cabível.

“Embora os logs de anos anteriores não estejam disponíveis para a verificação dessa impressão, não conseguimos encontrar evidências de que haveria esse problema em anos anteriores”, diz Marcos Simplício. “Além disso, como os documentos principais gerados pela urna para fins de contabilização de votos (a saber: boletim de urna, o BU, e registro digital do voto, o RDV) têm o identificador correto, tudo indica ser o caso de um problema restrito ao aplicativo ‘logd’, que deveria gerar aquele número nos logs.”

Leia maisTese do PL sobre urnas antigas é “completamente equivocada”, diz professor da USP

“Política de preços não é da Petrobras, é do governo”, diz Jean Paul Prates

O senador Jean Paul Prates (PT-RN; foto), que integra o grupo de trabalho de Minas e Energia no gabinete de transição de Lula, disse nesta quinta-feira (24) que a Petrobras deve alterar a sua política de preços a partir de 2023. Em vez de o mercado definir a formação de preços, será o governo brasileiro a dar as cartas.

“Política de preços não é da Petrobras, é do governo”, disse o senador, cotado para o cargo de presidente da estatal no ano que vem. “Vamos começar a separar bem essas coisas. A Petrobras vai fazer a política de preços dela, dos clientes dela, como qualquer empresa.”

Leia mais“Política de preços não é da Petrobras, é do governo”, diz Jean Paul Prates

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: