fbpx

Bolsonaro quebra silêncio, agradece votação e condena protestos de apoiadores: “Nossos métodos não podem ser os da esquerda”



Na primeira manifestação após ser derrotado nas urnas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), passadas mais de 44 horas da oficialização do resultado, o presidente Jair Bolsonaro (PL) falou na tarde desta terça-feira (1º) no Palácio da Alvorada, em Brasília. Foi um curto pronunciamento de apenas 2 minutos e 18 segundos.

Sem parabenizar o adversário pela eleição, Bolsonaro agradeceu pela votação obtida no 2º turno da eleição presidencial e condenou protestos de apoiadores que estão bloqueando estradas por todo o País.

Ele abriu o pronunciamento no Palácio da Alvorada afirmando que “manifestações são bem-vindas”, mas que “nossos métodos não podem ser os da esquerda”.

“Quero começar agradecendo aos 58 milhões de brasileiros que votaram em mim”, falou, ao lado de ministros e aliados, como o senador eleito Rogério Marinho (PL-RN). “Nossa robusta representação no Congresso mostra a força dos nossos valores: Deus, pátria, família e liberdade.”

Em meio ao silêncio do chefe do Executivo até então, caminhoneiros bolsonaristas vêm bloqueando centenas de pontos em estradas de diferentes partes do país. O protesto teve início ainda na noite de domingo, logo depois da confirmação da vitória de Lula.

Ainda durante o pronunciamento, de apenas 2 minutos, o presidente disse, ainda, que “continuará cumprindo a Constituição”. Ele não parabenizou o presidente eleito, Lula.

*Portal 98 FM

EM INSTANTES: Bolsonaro convoca ministros ao Alvorada e fará primeiro pronunciamento desde derrota nas eleições

O presidente Jair Bolsonaro deverá se manifestar publicamente pela primeira vez desde o fim das eleições em que foi derrotado nas urnas pelo petista Luiz Inácio Lula da Silva. A imprensa foi convocada ao Palácio da Alvorada, onde ele deverá falar às 15h. A presidência não adiantou o assunto sobre o qual o chefe do Executivo vai se pronunciar.

Ministros do governo federal já estão no local. A parte das 14h, titular de diversas pastas começaram a chegar ao Alvorada, entre eles Carlos França (Relações Exteriores), Marcelo Queiroga (Saúde), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Marcos Montes (Agricultura).

Bolsonaro já havia se reunido de manhã com alguns integrantes do ministério, como Ciro Nogueira (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), Paulo Sérgio Nogueira (Defesa) e Bruno Bianco (Advocacia-Geral da União).

Governo do Estado anuncia uso da PM contra obstrução de vias

O Governo do Rio Grande do Norte colocou as forças de segurança do Estado, como as polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros, à disposição para dispersar manifestações que possam obstruir vias federais, estaduais ou municipais, conforme autorizou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Superior Tribunal Eleitoral (TSE) Alexandre de Moraes.

Um efetivo de 100 policiais militares já participou da ação de desobstrução do Km 104 da BR-101, no município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal, em apoio aos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com o superintendente da PRF, inspetor Luiz Pinheiro, e o titular da Segurança Pública estadual, coronel Francisco Araújo, os policiais estão de prontidão para cumprir as determinações judiciais.

Desde as 23h da segunda-feira (31), apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) bloquearam a BR-101 em protesto à vitória de Luiz Inácio Lula da Silva, a exemplo de movimentos que acontecem em todo o País.

Com informações da Tribuna do Norte

 

Senado terá esforço concentrado em novembro

O Senado fará em novembro um esforço concentrado presencial para esgotar pautas que ficaram pendentes antes das eleições. Entre as prioridades estão projetos que tratam das fontes de custeio para o pagamento do piso da enfermagem e também indicações de autoridades como embaixadores, diretores de agências e ministros de tribunais superiores. As indicações devem ser analisadas ainda em novembro, em data a ser definida.

— Há projetos que são importantes para fonte de custeio do piso nacional da enfermagem. Já aprovamos alguns e esse é um tema que de maneira muito prioritária nós vamos lidar desde já. Há também a questão relativa à Lei Aldir Blanc [Lei 14.017, de 2020] e à Lei Paulo Gustavo [Lei Complementar 195, de 2022], que sofrem interferência de uma medida provisória, e nós precisamos  encontrar a solução para aplicação desse auxílio à área da cultura no Brasil, e há o [novo] Código Eleitoral [PLP 112/2021], que não foi possível votar antes das eleições — disse no domingo (30) o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Segundo Pacheco, a intenção é submeter todos esses temas ao colégio de líderes para que os partidos possam indicar suas prioridades na definição dessa pauta. Apesar do tempo escasso até o fim do ano, ele disse que pretende produzir o máximo para que o Senado possa cumprir seu papel e ainda ajudar na transição para o novo governo.

— Vamos andar e vamos tentar produzir o máximo possível em novembro e dezembro, sem desconhecer a necessidade de estarmos antenados com a transição, para que possamos inclusive precipitar temas que sejam importantes para transição e para o próximo governo — informou.

Leia maisSenado terá esforço concentrado em novembro

CCJ da Assembleia aprova projeto sobre Código de Ética e Decoro Parlamentar

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa, aprovou, por unanimidade, entre as matérias discutidas em reunião na manhã desta terça-feira (1), o Projeto de Resolução 2/2022, de iniciativa da Mesa Diretora, que dispõe sobre o Código de Ética e Decoro Parlamentar, estabelecendo os procedimentos disciplinares do Parlamento Estadual.

“Tenho a honra de submeter à deliberação o projeto de resolução, tendo como escopo regulamentar, no âmbito da Assembleia Legislativa, o Código de Ética e Decoro Parlamentar, em atendimento ao disposto no art. 54 do seu Regimento Interno. A ideia buscada nesta Resolução é descortinar regras e procedimentos a serem seguidos nos feitos relacionados à ética e ao decoro parlamentar. Percebe-se, então, que é chegada a hora do Poder Legislativo Estadual regulamentar na sua órbita os procedimentos para aplicabilidade na norma primária, no afã de dar continuidade ao processo de transparência outrora implantado nesta Casa”, foi a justificativa do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), no encaminhamento da propositura que foi relatada na reunião pelo deputado George Soares (PV).

A regulamentação aprovada na Comissão, elenca, ainda que de forma não exaustiva, nortes que deverão ser seguidos, contendo as diretrizes necessárias para uma justa proposição, além de atender os interesses do Poder Legislativo Estadual e da população potiguar, ao trazer diretrizes que norteiam o procedimento disciplinar no âmbito da Casa.

Das matérias da pauta, outras oito foram aprovadas pelos deputados da Comissão, duas retiradas da pauta e três baixadas em diligência para a anexação de documentos. Participaram da reunião presidida pelo deputado George Soares, os deputados Francisco do PT, Ubaldo Fernandes (PSDB), Jacó Jácome (PSD), subtenente Eliabe (SDD) e Galeno Torquato (PSDB).

RN encerra campanha contra a pólio com 66% do público-alvo vacinado; Natal é única cidade que não atinge 50%

O Rio Grande do Norte terminou a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite nesta segunda-feira (31) com 66% do público-alvo vacinado. Esse número, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) representa 123.249 crianças menores de cinco anos vacinadas em todo o estado.

Os dados constam na plataforma RN+Vacina e foram obtidos até o final da manhã desta segunda e a Sesap entende a queda no índice de vacinação como preocupante.

Dos 167 municípios do estado, 53 conseguiram atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde de atingir pelo menos 95% de crianças vacinadas. Outros 113 municípios atingiram percentual de vacinação entre 50 a 94,99% e a capital do estado.

A capital Natal foi a única cidade do estado que não atingiu sequer 50% da cobertura vacinal – chegou a 39,8%, o que representa 16.353 crianças vacinadas.

Para a coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Kelly Lima, a queda da cobertura vacinal é preocupante.

“O percentual de 66% para o estado é muito aquém do que esperávamos. A campanha encerra hoje (31), conforme cronograma previamente pactuado com os municípios. Porém os imunizantes seguem disponíveis em toda a rede durante todo o ano e esperamos que os pais, mães e responsáveis não deixem de vacinar suas crianças”, disse.

Após determinação da justiça, PRF usa gás de pimenta contra bolsonaristas que interditam BR-101 em Parnamirim

Policiais rodoviários federais usaram spray de pimenta para liberar um sentido da BR-101, em Parnamirim, na manhã desta terça-feira (1º). A rodovia foi interditada nos dois sentidos por volta das 23h30 de segunda (31).

Com a ação dos policiais, a BR-101 no sentido Natal-Parnamirim foi liberado. Até a última atualização desta matéria o sentido contrário seguia bloqueado.

A tropa de choque da PRF foi mobilizada para tentar liberar a BR-101 no sentido Parnamirim-Natal.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: