fbpx

Dra. Vanessa Lopes se emociona ao lado de Ivan e Nelter com vigília e agradece todo apoio, respeito e amor que recebe em Assú e no Vale

A médica e candidata a deputada federal, Dra. Vanessa Lopes, realizou ontem em Assú, o último comício dessa eleição, e contou com a presença do ex prefeito e candidato a vice Ivan Júnior, do deputado estadual Nelter Queiroz, demais deputados, vereadores, apoios e lideranças.

Mas Vanessa contou com o mais importante, que foi a participação popular tanto na carreata, como no comício, e em cada esquina se via, uma família, uma criança, um pai ou uma mãe, emitindo energias positivas e vibrando com a mulher que tem conquistado a todos com sua simplicidade, mas acima de tudo, pelo seu respeito com o ser humano, independentemente de ser período eleitoral ou não.

As pessoas vibraram e emocionaram a doutora, que não conseguiu conter as lágrimas e agradeceu diversas vezes por todo o apoio, respeito e amor que tem recebido das pessoas, e fez um agradecimento especial a todos que estiveram com ela nesses intensos 45 dias de campanha.

Vanessa levou em cada casa do Assú e em todas as cidades do Vale, suas propostas e ideias, além de ouvir atentamente os problemas de cada lugar, que será de grande importância para ela trabalhar pela região em Brasília.

A candidata também enalteceu o trabalho do deputado Nelter Queiroz, que é seu parceiro no vale e em outras cidades, e além disso, fez duras críticas ao governo do estado, que tem o pior desempenho na educação, na saúde e na segurança, e falou das propostas que o candidato Fábio e o vice Ivan tem para o nosso estado.

Nelter Queiroz desafia George Soares e afirma que “ele vai perder a boquinha da Prefeitura que tomou comprando voto”


O deputado Nelter Queiroz esteve em Assú na noite desta quinta – feira, e fez mais um desafio ao deputado George Soares, que fique cara a cara com ele num debate, mas como sempre, o assuense foge do confronto cara a cara com o jucurutuense.

Nelter ainda afirmou que a raiva que o perseguidor deputado George tem dele, é que ele vai perder a boquinha da Prefeitura que ele tomou comprando voto em Assú.

Todos sabem que a diferença de 5 votos na eleição de 2020, foi claramente porque a chapa Gustavo e Fabielle se utilizaram de recursos financeiros para alterar o resultado das urnas, e isso foi comprovado quando o TRE cassou o mandato dos dois.

Nelter reafirmou ainda, sua amizade com Ivan e Vanessa, e do quanto ele está trabalhando para que Vanessa seja a deputada federal do Vale.

Confira o vídeo do discurso que empolgou a população que estava presente ao evento.

 

Delator aponta que Carlos Eduardo sabia de corrupção na Prefeitura de Natal

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), sabia de esquemas de corrupção que aconteciam na sua gestão, em especial na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). A denúncia foi feita por um ex-titular da pasta, Jerônimo Câmara de Melo, ao Ministério Público do Rio Grande do Norte, e faz referência à Operação Cidade Luz, que apura o desvio de R$ 22 milhões na pasta.

A notícia foi revelada nesta quinta-feira (29) pelo jornal Diário do RN. Jerônimo, inclusive, foi procurado pela reportagem do veículo e confirmou a veracidade do depoimento. O ex-secretário, juntamente com o filho Daniel Melo, teve o acordo de delação premiada homologado pela Justiça em 2018.

Conforme a denúncia, Carlos Eduardo sabia das fraudes de licitação e contratos suspeitos durante a gestão do atual vereador Raniere Barbosa à frente da Semsur. Jerônimo revela até mesmo que conheceu Raniere por intermedio de Carlos Eduardo, quando ofereceu os serviços de sua empresa ao município, em 2013.

“Na ocasião, o então prefeito pediu que o verador, na época titular da Semsur, o ‘adotasse, para que tivessem uma relação de negócios, uma vez que este era muito amigo de sua família’. E que, a partir dessa aproximação, teve conhecimento de como eram realizados os procedimentos na pasta”, diz o jornal.

“Raniere Barbosa afirmava, frequentemente, antes da realização dos procedimentos licitatórios, que determinada empresa ganharia a licitação. Sempre os vencedores eram escolhidos antes das licitações e que conversou várias vezes com os proprietários das empresas vencedoras, antes mesmo da sua realização. Carlos Eduardo tinha total conhecimento da prática e acompanhava tudo. As empresas eram vinculadas a Raniere e, depois de um tempo, o prefeito passou a não gostar delas”, diz em depoimento.

De acordo com o MPRN, os R$ 22 milhões são decorrentes de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Semsur para a prestação de serviços de manutenção e decoração do parque de iluminação pública de Natal.

Dados da Controladoria Geral do Município demonstram que, entre 2013 e 2017, oito empresas sediadas em Pernambuco foram beneficiárias de pagamentos no montante de mais de R$ 73,4 milhões de contratos com a Semsur. A estimativa é de que o superfaturamento médio foi de 30% no valor dos contratos celebrados.

Fonte: Portal Grande Ponto

Rogério Marinho lidera disputa acirrada com Carlos Eduardo, mostra pesquisa TCM/TS2

A pesquisa TCM/TS2 perguntou aos eleitores potiguares em quem eles devem votar para o cargo no Senado Federal. A disputa continua acirrada entre os candidatos Rogério Marinho (PL) e Carlos Eduardo (PDT).

Rogério Marinho lidera a pesquisa com 25% das intenções de voto. O segundo colocado é Carlos Eduardo Alves que aparece com 22%. A diferença está dentro da margem de erro da pesquisa que é de 2,4% para mais ou para menos – o que configura um empate técnico.

Os votos branco, nulo e nenhum somam 23%. Não sabem ou não responderam somam 16%.

O terceiro candidato mais citado é Rafael Motta (PSB) que aparece com 12% das intenções de voto.

Os demais candidatos não atingiram 1% são eles: Dário Barbosa (PSTU), Pastor Silvestre (PMN), veterinária Shirley Medeiros (DC), Freitas Junior (PSOL), Geraldo Pinho (Podemos), Marcelo Guerreiro (PRTB) e Marcelo Guerreiro (PRTB).).

Fábio assume o segundo lugar em disputa pelo RN

A quarta e última pesquisa de intenções de votos TRIBUNA DO NORTE/Difusora/Consult continua mostrando a governadora Fátima Bezerra (PT) à frente da corrida eleitoral, com 43,11% na preferência dos eleitores do Rio Grande do Norte, mas a disputa pelo governo aponta que o candidato Fábio Dantas (Solidariedade) agora passou para segundo lugar, aparecendo com 17,83%, no empate técnico com o candidato do Podemos, o senador Styvenson Valentim, que tem 17%, numericamente em terceiro.

Outros três candidatos pontuaram na pesquisa: Clorisa Linhares (PMB), 1,22%; Rosália Fernandes (PSTU), 0,17%; e Danniel Morais (PSOL), 0,11%. Não foram citados Rodrigo Vieira (DC), Bento (PRTB) e Nazareno Neris (PMN).

Os eleitores que disseram não votar em “nenhum” candidato são 10,50% e os que “não souberam dizer”, foram 10,06%.

Na pesquisa espontânea, em que o eleitor responde o nome do candidato que logo lhe vem à mente, Fátima Bezerra tem 31,39%; Fábio Dantas, 12,22%; e Capitão Styvenson, 10,78%.

Depois aparecem Clorisa Linhares, 0,72%; Danniel Morais e Rosália Fernandes, 0,06%. Nenhum 8,06%; não sabe dizer, 36,17% e outro, 0,56%.

Segundo a pesquisa TN/Difusora/Consult, Fátima Bezerra tem a maior rejeição, 29,8% e o Capitão Styvenson, 16,7%. Já 10% dos eleitores consultados, responderam que “não votariam de maneira alguma” em Fábio Dantas, enquanto os índices de rejeição dos demais candidatos são os seguintes: Rosália Fernandes, 0,30%; Danniel Morais, 0,20%; Clorisa Linhares, Nazareno Neris e Bento, 0,10%. Rodrigo Vieira não foi citado.

A evolução histórica da pesquisa estimulada – aquela em que é apresentada uma lista com nomes dos candidatos, aponta que Fátima Bezerra com variações. Na primeira pesquisa divulgada em 30 de agosto, a petista tinha 36,24% das intenções de votos, foi a 39,88% no dia 13 de setembro, já na pesquisa divulgada terça-feira (27), apareceu com 41,0%.

O ex-vice-governador Fábio Dantas tinha 13% na primeira pesquisa, subiu para 13,47% e nesta semana emplacou o índice de 17,24%.

Já o Capitão Styvenson que apareceria em segundo lugar nas três pesquisas anteriores, há praticamente um mês tinha 20,12% ou 7,12% a mais que o ex-deputado e candidato pelo Partido Solidariedade Fábio Dantas, depois Styvenson caiu para 18,18% e na terceira pesquisa desceu novamente, aparecendo com 18.06%.

No RN, disputa presidencial fica estável

O quadro eleitoral para presidente da República no Rio Grande do Norte permanece inalterado, é o que mostra a quarta pesquisa TRIBUNA DO NORTE/Difusora/Consult, com o ex-presidente Lula (PT) liderando a disputa com 50,44%, na consulta estimulada. Em segundo lugar vem o presidente Jair Bolsonaro (PL), 31% e em seguida, Ciro Gomes (PDT), 6,33%.

Depois, surgem Simone Tebet (MDB). 1,94%; Soraya Thronicke (União), 0,39%; Padre Kelmon (PTB), Felipe d’Ávila (NOVO) e Sofia Manzano (PCB), 0,06%.

Os candidatos Constituinte Eymael (DC), Léo Péricles (UP) e Vera Lúcia (PSTU) não foram citados. Os eleitores que disseram não votar em nenhum candidato são 6,06% e não sabem dizer, 3,67%.

No quesito rejeição, os que não votariam em Bolsonaro são 48,5% e em Lula, 31,3%. Os indices dos outros candidatos: Ciro Gomes, 2,8%; Simone Tebet, 0,5%; Padre Kelmon, 0,4%; Felipe d’Ávila e Soraya Thronicke, 0,1%. Os outros quatro candidatos não foram citados.

Leia maisFábio assume o segundo lugar em disputa pelo RN

Guarda municipal baleada no Parque da Cidade passa por cirurgia e recebe alta

A guarda municipal que foi baleada na manhã desta quinta-feira (29) passa bem. Ela foi atingida por um tiro na perna, no Parque da Cidade, em Natal. Socorrida ao Hospital Walfredo Gurgel, ela foi submetida a um procedimento cirúrgico e já foi liberada pelos médicos.

Por questão de segurança, a identidade da agente não foi revelada. A guarda foi alvejada após dois criminosos adentrarem ao Parque da Cidade, em Cidade Nova, e atirarem contra ela e um companheiro de farda. O outro agente foi baleado na cabeça e morreu no local.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), os suspeitos entraram no Parque da Cidade como visitantes. Em seguida, os dois assassinos voltaram e efetuaram os disparos que acertaram os guardas.

A pasta afirmou que irá investigar a motivação do crime. A suspeita de latrocínio foi descartada pois as armas e outros pertences não foram levados pelos criminosos.

A Polícia Civil está em diligências para procurar e identificar os suspeitos e as motivações do crime. A Guarda Municipal juntamente com as polícias Civil e Militar, além de outros agentes de seguranças estão empenhados no caso.

Com informações da Tribuna do Norte

Fonte: Portal Grande Ponto

Audiência: debate na Globo supera índices de 2018, 2014 e 2010

Audiência: debate na Globo supera índices de 2018, 2014 e 2010

O debate presidencial promovido pela Globo foi o mais assistido dos últimos doze anos, de acordo com a pesquisa preliminar da Kantar em São Paulo.

O programa, exibido entre 22h30 e 1h49, registrou 24,5 pontos de média e picos de 34,7 na região metropolitana paulista, superando os números de 2018 (22 pontos), 2014 (20,9 pontos) e 2010 (22,7 pontos). Os debates de 2002 e 2006 marcaram, respectivamente, 31 e 30 pontos.

O crescimento de mais de 10% em relação à eleição de 2018 surpreendeu a Globo, que temia o avanço do relógio ––a grade da emissora mudou de lá para cá, empurrando a novela das 9 para quase 10 da noite. O público, porém, só começou a desligar a TV no início da madrugada.

Debate na Globo é marcado por troca de acusações entre candidatos e vácuo de propostas

Debate na Globo é marcado por troca de acusações entre candidatos e vácuo de propostas

O terceiro e último debate com os candidatos à Presidência da República realizado há pouco pela TV Globo foi marcado por uma intensa troca de acusações entre os postulantes ao Palácio do Planalto.

Para o bem do show e infelicidade geral da nação, o programa, assim como os dois anteriores da Band e SBT, foi vazio em propostas, mas recheado em ataques pessoais.

Assim como ocorreu nos outros debates, o principal alvo foi o ex-presidente Lula (PT), que precisou se justificar sobre assuntos incômodos como o esquema de corrupção na Petrobras e até assassinato do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel.

O personagem da noite foi o Padre Kemon, candidato do PTB à Presidência da República. Sem o carisma do Cabo Daciolo, o religioso foi protagonista dos momentos mais tensos e/ou engraçados do debate.

O antagonista

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: