fbpx

Ezequiel Ferreira solicita ações em segurança, infraestrutura e educação para Parnamirim

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), apresentou uma série de requerimentos a favor do município de Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. O parlamentar solicita investimentos em segurança pública, infraestrutura e em educação.

A primeira solicitação é direcionada exatamente para o aumento do efetivo policial na região litorânea de Parnamirim. Segundo Ezequiel, a área possui “um déficit de policiamento e carece de um maior monitoramento para coibir práticas ilícitas”. “A população está sendo atormentada por uma verdadeira sequência de assaltos”, relata o parlamentar.

Em outro documento, o deputado requer as reformas das Escolas Estaduais Professor Arnaldo Arsênio de Azevedo – CAIC e Apolinário Barbosa, ambas localizadas em Parnamirim. Os relatos dos alunos e professores das instituições apontam para um insatisfatório estado de conservação das mesmas, com rachaduras nas paredes, goteiras no telhado e com a parte hidráulica e elétrica deterioradas.

Ezequiel também encaminhou uma solicitação para a inclusão da iluminação pública na Avenida Prefeito Omar O’Grady, no bairro Parque Industrial, em Parnamirim. Esta é uma antiga reivindicação dos moradores e frequentadores da região, principalmente pela questão da segurança dos que precisam utilizar a avenida antes do nascer do sol.

O presidente da Assembleia ainda solicitou a perfuração e instalação de poços tubulares na cidade, como forma de prevenir a possibilidade de colapso no abastecimento de água. E, por fim, requer uma operação tapa-buraco na estrada de Japecanga, que se encontra em estado de má conservação devido a falta de manutenção nos últimos anos.

Fábio Dantas diz que está “preparado” para ser governador: “Se a oposição se unir em torno do meu nome, aceitarei”

Cotado pela oposição para ser candidato a governador nas eleições de 2022, o ex-vice-governador e ex-deputado estadual Fábio Dantas (Solidariedade) admitiu nesta quarta-feira (6) que pode aceitar disputar a eleição contra Fátima Bezerra (PT), mas desde que os grupos de oposição se unam em torno da candidatura dele.

Apesar de destacar que o Solidariedade já tem um pré-candidato – o ex-prefeito Brenno Queiroga, de Olho d’Água do Borges –, Fábio Dantas enfatizou que é preciso união em torno de um único projeto em 2022, e que ele está apto para a disputa.

“Precisamos ter um sentimento de unificação. Eu faço parte de um partido político, que é o Solidariedade. O partido é muito orgânico, organizado e tem um candidato, que é Brenno Queiroga. Votei nele em 2018. Agora, como eu disse, desafio é combustível para os meus sonhos. Se eu for convocado pelo partido e se a sociedade resolver que governar o Estado é muito mais do que disputar uma eleição, eu estou apto a ser candidato”, afirmou, em entrevista à 96 FM.

Ele reforçou: “Se eu for convocado e a oposição se unir em torno do meu nome, eu aceitarei sim a candidatura”.

Vice-governador de 2015 a 2018, durante a gestão de Robinson Faria, Fábio Dantas declarou que está “preparado” para ser governador do Estado.

“Em 2014, eu dizia a Robinson: ‘governador, vai ser mais fácil ganhar do que governar’. E nesta eleição é mais difícil vencer do que governar. Eu estou preparado para governar o Rio Grande do Norte. Eu não estou preparado para disputar uma eleição, mas é um desafio e a gente tem que construir barreiras para vencer isso. Se eu for candidato, eu tenho que superar a adversidade do processo eleitoral. Mas para governar eu tenho tranquilidade. E serei um bom governador”, acrescentou.

Durante a entrevista, o ex-vice-governador tentou se desligar da imagem de Robinson Faria, que saiu do governo com alto índice de reprovação. Ele disse que rompeu com o então governador no momento em que enviou para a Assembleia Legislativa, enquanto governador interino, um pacote de projetos de austeridade – que, depois, foi retirado por Robinson.

“Eu não era vice de Robinson. Eu fui eleito vice-governador do Estado para substituir o governador. E quando substituí, o fiz na necessidade naquilo que eu acreditava que era importante”, finalizou.

Com informações da 98 FM.

Juiz emite mandado de prisão contra Henrique Alves por dívida de pensão alimentícia

O juiz Ricardo Augusto Moura, da 24ª Vara Cível, expediu o mandado de prisão contra o ex-deputado e ex-ministro Henrique Alves por dívida de pensão alimentícia para com o filho que teve com sua ex-mulher Priscila Gimenez.

“MANDA ao Oficial de Justiça ou Autoridade Policial a quem este for apresentado que, em
cumprimento ao mandado expedido nos autos da ação acima descrita, efetue a PRISÃO E RECOLHA À DISPOSIÇÃO DESTE JUÍZO o indivíduo qualificado neste mandado, cientificando-o do motivo da prisão. Segue em anexo cópia da decisão judicial que determinou a prisão do executado, bem como mandado de prisão expedido pelo Juízo deprecante”.

Com informações da Justiça Potiguar.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: