fbpx

VIDA BOA: Marido de Fabielle já faturou mais de R$ 119 mil reais do gabinete de George Soares e ela é retrato vivo da VELHA POLÍTICA

Diz o ditado que vida boa não quer pressa, e assim tem sido para vice prefeita Fabielle Bezerra e sua família, já que seu marido, Hamaildson, ganhou de brinde do deputado George Soares, um cargo em seu gabinete de R$ 9.226,44 mensais sem trabalhar, e ao fim de um ano, ele já faturou mais de R$ 119 mil reais.

A vice Fabielle prega IGUALDADE, AMOR e INCLUSÃO nas redes sociais com um discurso bom danado, mas todos sabem que isso não passa de hipocrisia e “conversa pra boi dormir”, porque na prática, a vice já tratou de garantir uma “boquinha extra” pendurando seu marido, e os dois juntos ganham quase R$ 20 mil reais por mês, um valor bem alto e diferente da renda do resto dos assuenses, que milhares não chegam nem a um salário mínimo.

Fabielle é jovem mas é hoje o retrato vivo da “velha política” apodrecida, regada a mordomias, já que indica o marido para ocupar um cargo com o valor de quase R$ 10 mil reais, e com isso, fica sem respaldo ou força para cobrar qualquer coisa que seja para o povo, até porque ela sempre adorou foto e mídia, e incentivou o prefeito Gustavo a criar uma rede de maquiagem nas ações da Prefeitura, mas só quem sabe a luta é quem precisa dos serviços públicos de saúde.

Há quem diga em Assú que a vice não anda em locais que não tenham cargos comissionados, pois seu ibope anda em queda, e que ela só vai a festas regadas a uísque e privadas, ou seja, que não tenham a população em massa.

Prefeitura do Natal emite nota afirmando retomada de cirurgias, mas hospitais negam e continuam sem atendimento cardíaco

O prefeito Álvaro Dias reuniu-se na tarde desta quinta-feira (23) com representantes de hospitais conveniados com o Município e que realizam cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Natal. Contudo, diferente do que foi inicialmente divulgado pela Prefeitura de Natal, representantes dos hospitais ouvidos pelos Blogs do BG e de Gustavo Negreiros, o atendimento cardiológico segue suspenso.

É o caso do Hospital Rio Grande, cujo superintendente deu declaração em sentido oposto ao que foi divulgado pela prefeitura. “Não confirmamos acordo com prefeitura e cardiologia continua parada. Estamos aguardando uma segunda reunião, marcada para a próxima terça-feira, e que uma proposta ficou de ser analisada pela Prefeitura. Até lá, os serviços seguem suspensos”, explicou Antonio Linhares

Inicialmente, a Prefeitura comunicou a imprensa que os prestadores afirmaram que os serviços não foram suspensos e se comprometeram em mantê-los funcionando até a conclusão das negociações, que podem acontecer na próxima semana, quando haverá nova reunião.

O contrato que o hospital tem com o município está em dia por causa de conciliação tributária, mas o atendimento cardiológico especificamente foi contratado através de parceria com outro hospital, o Incor. É o atraso nesse instrumento que levou tanto Incor quanto Rio Grande a suspenderem o atendimento afetado.

Os seguintes hospitais estão com atendimento paralisado: Hospital do Coração, Hospital Rio Grande, Paulo Gurgel e Hospital Memorial.

*Novo Noticias

PRESENTE DE NATAL: Gustavo e Fabielle encerram ano com Escolas deterioradas e caos na Educação que deveria ser prioridade

A gestão de administração das prefeituras do RN que mais mente e engana “quase” perfeitamente é a liderada pelo prefeito Gustavo Soares e a vice Fabielle, porque nas redes sociais eles pregam amor pela educação, mas não sai do papel, porque a realidade é bem diferente.

O primeiro descaso relatado foi da Escola Nair Fernandes que receberam aparelhos de ar para climatizar as salas, mas não tinha saída de ar, só que essas mesmas salas tiveram o teto forrado, então quando os alunos voltaram, as salas estavam mais quentes e sem o ar condicionado. Total falta de incompetência mesmo da gestão.

O segundo descaso foi da Escola Municipal Rufino Alves na Comunidade de Olho D´agua Piató, em que moradores foram a rádio 89 FM, para denunciar a reforma que Gustavo e Fabielle prometeram e não saiu do papel, e a escola continua com teto desabando, banheiros entupidos e quebrados, infectados por fezes de pardais, e tudo isso tem gerado um transtorno na comunidade que tem filhos matriculados na escola.

O terceiro descaso relatado foi da vereadora Lucianny, que visitou as instalações da Escola Municipal Instituto Padre Ibiapina, muita demanda de pais para matricular filhos num escola totalmente sem condições, já que e a escola continua com parte da estrutura interditada, problemas na parte elétrica do prédio que foram programadas mas nunca realizadas, além de problemas de gestão pedagógica, pois não tem reunião com pais dos alunos do 4º e 5º ano que não querem sair de lá, mas precisarão ser transferidos.

Além desses três, o Blog do VT já recebeu vários relatos de outras escolas, e a gestão de Gustavo e Fabielle é da seguinte forma, maquiar a cidade e torrar milhões em propaganda, achando que isso vai calar as pessoas, ou pior, manda secretários ficarem respondendo as denúncias como se essas pessoas que denunciam estivessem mentindo.

O que o povo espera de Gustavo e Fabielle para 2022 é que eles criem vergonha, deixem de gerir uma cidade que só existe nas redes sociais, pois a realidade é dura e bem triste.
Que gestão é essa que quer o bem de seu povo, quando não prioriza a educação de seus filhos? Fica a reflexão para o próximo ano.

Prefeita Marineide peita a TJ/RN e ao invés de realizar concurso público pediu a Câmara que aprove lei permitindo contratar servidores

O G3 parece decidido a desobedecer a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, encaminhou a Câmara Municipal um projeto de Lei pedindo autorização para conceder a prefeita Marineide Diniz – DEM, a contratar professores e demais profissionais para a educação. O vereador presidente da Câmara, Wanderley Mendes, convocou a Câmara extraordinariamente para votar nos dias 27 e 28 de dezembro, o projeto lei nº 013/2021.

Quem está assessorando a prefeita? Sabedor que em maio do corrente ano o TJ/RN, julgou ação do Ministério Público – Assú, determinando que o município de Carnaubais realizasse concurso público e desse posse aos aprovados em 8 meses. Como a prefeita vai desobedecer uma decisão do Tribunal? A Câmara vai entrar nesse barco?

Mas O G3 tem demonstrado através de suas práticas no mundo empresarial e agora na administração pública, em não respeitar nem cumpre decisões judiciais. Vamos aguardar o desenrolar desse enfrentamento.

Fonte: Blog Carnaubais pra Todos

Em madrugada de terror, bandidos explodem cofre de posto e invadem fábrica na Grande Natal

Bandidos arrombaram um posto de combustíveis e explodiram o cofre do estabelecimento na madrugada desta sexta-feira (24) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A ação ocorreu por volta das 2h30 da manhã e foi executada por cerca de dez homens armados.

O posto fica localizado às margens da BR-406, estrada que liga Natal ao aeroporto, no bairro Guajirú, na cidade da Grande Natal.

Ao anunciarem o assalto, os bandidos renderam um frentista e um cliente, que ficaram como reféns. Após explodirem o cofre, os bandidos espalharam vários grampos pela rodovia para dificultar a chegada da polícia e saíram atirando para cima.

Após essa ação, outra atividade criminosa que aconteceu na BR-101 Norte, também em São Gonçalo do Amarante, provavelmente executada pelo mesmo grupo, foi registrada na fábrica Coteminas. Lá os bandidos cortaram a cerca, desligaram a energia e invadiram a fábrica.

Não foi informado se os criminosos roubaram algo do estabelecimento. A Polícia Militar afirma que só será possível contabilizar os prejuízos no decorrer do dia de hoje.

As informações são do Notícias da Manhã (TV Ponta Negra) e do Via Certa Natal.

Fonte: Portal Grande Ponto

Nota resposta de Nelter ao Governo do Estado do RN sobre retirada de recursos da Segurança pública

NOTA

Em nota emitida nesta quarta-feira (22), pelo Governo do Estado, em que o mesmo supostamente me “desmente” em virtude de pronunciamento que realizei nesta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa, sobre recursos retirados da segurança pública do Rio Grande do Norte, afirmo que:

1) A nota emitida pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte tem uma leitura e interpretação diferentes do Decreto 31.200/2021 que “abre crédito de Transposição/Remanejamento/ Transferência de dotação orçamentária no valor de R$ 11.917.134,60 para o fim que especifica e dá outras providências.”;

2) De fato o Decreto 31.200/2021 retira/reduz as dotações orçamentárias da Polícia Militar e do Fundo Penitenciário do RN;

3) A edição deste Decreto torna pública a falta de planejamento do Governo do RN por deixar sobrar este tipo de dotação orçamentária e fazer um remanejamento, no final do ano, atingindo a área da segurança pública, por não utilizar os recursos previstos no orçamento para os Policiais Militares e Fundo Penitenciário;

4) O que poderia ter sido investido e pago, efetivamente, não foi; e, no final do ano, ao apagar das luzes, é que se faz esse remanejamento;

Por fim, se o Estado acha que não houve retirada de recursos da área da segurança pública, no mínimo, houve uma falta de planejamento e de controle.

Sem mais!

NELTER QUEIROZ

DEPUTADO ESTADUAL

VÍDEO: Sinmed encontra paciente com AVC deitado em maca no chão do Walfredo

O presidente do Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed), Dr. Geraldo Ferreira, visitou o Hospital Walfredo Gurgel nesta quinta-feira (23) e constatou uma realidade de falta de insumos, pacientes em corredores lotados e estrutura com fios expostos, além de vazamentos, reformas não concluídas e médicos com locais de atendimento inadequados.

O Sinmed também verificou que há pacientes em macas no chão, com doenças graves como AVC e sem perspectivas de leitos, conforme foi relatado na legenda de um vídeo postado pelo presidente do sindicato nas redes sociais.

“A saúde como um todo sofre muito neste final de ano no Estado. Sem ser prioridade, sofrem médicos e pacientes. Há apatia da gestão, incapaz de dar resposta às demandas da população”, disse o presidente do Sinmed-RN, Dr. Geraldo Ferreira.

O médico ressaltou a necessidade de realização de concursos públicos para completar as escalas desfalcadas e dependentes de terceirizados, ampliação de leitos, construção de novas unidades ou reformas e abastecimento de medicamentos e insumos.

 

Fonte: Portal Grande Ponto

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: