fbpx

FALTA VACINA: Servidores da saúde de Assú trabalham na linha de frente da COVID mas não foram vacinados

Supostamente servidores que estavam de férias ou de licença ou atestado, quando retornaram as suas funções, foram surpreendidos com determinações da Prefeitura do Assú, sob o comando do prefeito Gustavo e a vice Fabielle, para voltarem aos postos de trabalho, alguns na linha de frente da COVID sem serem vacinados.

A informação que circula inclusive com vídeos de pronunciamentos de pessoas ligadas ao sindicato municipal é de que eles foram obrigados a trabalhar sem estarem vacinados, e a atual gestão apenas não sabe explicar como vieram as vacinas por servidores cadastrados, e agora, servidores não foram vacinados e as vacinas sumiram.

Falta preparo e competência na gestão da Prefeitura do Assú há muito tempo, mas desde que se iniciou a crise da COVID em 2020, que a incompetência tem sido absurdamente mais visível, e diante disso, os servidores devem procurar sim os seus direitos, e quem tiver medo de retaliação, pode fazer a denúncia anônima. Na realidade, o relato é grave, pois as vacinas sumiram e deveriam ser destinadas para esses profissionais que estão arriscando além da vida deles, a dos familiares.

Recentemente, o MPRN anunciou que com a proposta de oferecer à população do Rio Grande do Norte um canal direto para denúncias de crimes em geral, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), agora conta com um Disque Denúncia. Basta o cidadão ligar gratuitamente para o número 127, e a identidade da fonte será preservada, segundo portal do MP.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

EX-LISO DE VIDA BOA: Valdir Medeiros esquece a simplicidade de “motorista” e vira auxiliar político do deputado Kelps

O ex-motorista da ambulância e ex liso a partir do momento que assumiu o mandato de prefeito de 2016 a 2020, Valdir Medeiros, esquece a simplicidade do cargo de “motorista” e vira auxiliar político de deputado Kelps Lima.

Para Valdir que pregava ser um homem de valor, seriedade, que comentava em todos os lugares que não tinha conchavo político com ninguém, agora “cospe no prato que comeu”, pois se tornou cargo comissionado do deputado Kelps, e agora pretende usufruir só da vida boa.

O ex-liso ainda fazia questão de afirmar que quando terminasse o seu mandato voltaria a dirigir a ambulância e continuaria prestando serviços à população de Jucurutu, porém, a realidade é outra, esquece o lema de trabalho, e como Auxiliar Político ganhará bem mais do que como motorista e com menos trabalho.

Ninguém sabe ainda se Valdir mudou de endereço, mas o bafafá é grande, pois ele sumiu do mapa, dando a entender que poderá abandonar Jucurutu, depois da frustração de não ter recebido a aprovação da sua gestão pelo povo nas urnas, amargando a derrota pela prefeitura em novembro de 2020.

Covid-19: MPRN e MPF recomendam maior celeridade entre solicitação e atendimento para internação hospitalar

Recomendação reforça nota orientativa da Sesap e visa potencializar a atuação interinstitucional e voltada à atuação preventiva, extrajudicial e resolutiva do MP brasileiro no esforço nacional de contenção da pandemia

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e o Ministério Público Federal no RN (MPF) emitiram uma recomendação conjunta para reforçar os novos parâmetros temporais de obrigatório cumprimento pelas unidades solicitantes e prestadoras de leitos Covid-19 no Estado. A recomendação foi emitida após análise de dados assistenciais lançados na sala pública do RegulaRN que recentemente apontaram uma demora excessiva no tempo de resposta de algumas unidades

Os parâmetros analisados pelos MPs na sala do RegulaRN foram: a não regulação do número completo de vagas disponibilizadas, o alto número de expiração da solicitação de internação por excesso de prazo e o tempo médio entre a Regulação indicar o paciente e o prestador avaliar a condição clínica do enfermo.

No dia 4 de março de passado, identificou-se que 50 leitos críticos foram disponibilizados, mas apenas 31 foram devidamente regulados e que o maior motivo de cancelamento da solicitação de internação foi a expiração da solicitação (903 casos), seguido dos cancelamentos decorrentes da impossibilidade de transporte (630 casos).

Outro critério analisado foi o tempo médio entre a Regulação indicar o paciente e o prestador avaliar. Das 25 unidades hospitalares que integram a rede hospitalar Covid-19 do (Sistema Único de Saúde-SUS), 15 delas estão com tempo médio de resposta acima de 2h; enquanto sete delas chegam a patamares elevadíssimos de tempo de resposta, como 4h30; 6h40 e até as mais demorada que alcançou 7h57.

Leia maisCovid-19: MPRN e MPF recomendam maior celeridade entre solicitação e atendimento para internação hospitalar

Nelter Queiroz quer inclusão de alunos de medicina e de outras áreas da saúde nas categorias prioritárias de imunização contra a COVID-19

Buscando garantir a segurança de alunos de medicina e de outros cursos da área da saúde, que estão em estágio supervisionado, em instituições de saúde, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) demandou requerimento aos deputados federais e senadores integrantes da bancada potiguar, no Congresso Nacional, em Brasília/DF, solicitando atuação destes parlamentares, junto ao Ministério da Saúde, para que estes alunos sejam incluídos nas categorias prioritárias de imunização contra a COVID-19.

“Pleito de grande importância. É de extrema urgência que este público possa ser imunizado, o quanto antes, contra a COVID-19, para que suas vidas sejam preservadas. Mesmo ainda na condição de alunos, seja de medicina ou de outros cursos da saúde, estes são profissionais de saúde e também atuam na linha de frente no combate a COVID-19”, afirmou Nelter Queiroz.

Tasso diz que volta de Lula abre “uma avenida muito larga” para o centro e cita 5 nomes

senador Tasso Jereissati (PSDB) acredita que a volta de Lula à cena política abre “uma avenida muito larga” para o centro com vistas às eleições presidenciais de 2022.

Em um evento do Valor Econômico, ele citou hoje cinco possíveis candidatos do grupo: João Doria, Eduardo Leite, Luciano Huck, Luiz Henrique Mandetta e Ciro Gomes.

“A possibilidade de Lula ser candidato aumentou ainda mais a consciência desses grupos de centro“, disse o tucano.

Ele também afirmou que “se Lula não vier em direção ao centro, suas chances de ganhar eleições serão pequenas”. Jereissati acrescentou que Jair Bolsonaro está “queimado” e que a atuação do presidente na pandemia é “imperdoável” e “criminosa”.

O antagonista

Mesmo com decisão judicial, mulher aguarda três dias por UTI Covid-19 na Grande Natal; fila de espera tem mais de 90 pessoas

Upa de Macaíba (Arquivo) — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Mesmo com uma decisão liminar da Justiça em mãos, a família de Jacilene Alves, de 42 anos, tenta há três dias conseguir a transferência da mulher, que está com suspeita de Covid-19 em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Grande Natal, para um leito de UTI.

A paciente está internada há seis dias na UPA de Macaíba e foi intubada há três dias, após o quadro se agravar. Os médicos afirmam que ela precisa urgentemente de uma UTI.

No final da manhã, a Secretaria de Saúde do Estado afirmou que a mulher foi regulada para uma vaga no Hospital João Machado em Natal, mas ainda aguardava transporte.

Jacilene não é um único caso de pessoas à espera de leitos. No final da manhã desta quinta-feira (11), o sistema Regula RN registrava 91 pessoas à espera de um leito crítico em todo o Rio Grande do Norte, mas havia apenas 12 leitos disponíveis. A taxa de ocupação passa dos 96% no estado.

Somente na região metropolitana de Natal, eram 89 pacientes para apenas 11 leitos disponíveis por volta das 11h. A taxa de ocupação dos leitos críticos passou de 96% em todo o estado.

A família de Jacilene contou que ela apresentou sintomas de gripe e demorou para procurar atendimento. Quando chegou à UPA, o quadro já era grave. Desde esta quarta-feira (10), o marido roda pelas repartições da Secretaria de Saúde do Estado em busca de um leito.

“Estou aqui na Sesap para ver se consigo agilizar um leito de UTI para minha esposa que está em Macaíba em estado grave, precisando desse leito faz três dias. A Justiça já mandou, mas eles ainda não mandaram”, afirmou o taxista João Maria Paiva, marido de Jacilene, emocionado.

Leia maisMesmo com decisão judicial, mulher aguarda três dias por UTI Covid-19 na Grande Natal; fila de espera tem mais de 90 pessoas

TRE-RN retotaliza votos de deputado estadual e diploma Jacó Jácome

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, Desembargador Gilson Barbosa, entregou na noite dessa segunda-feira (8) o diploma de deputado estadual eleito a Jacob Helder Guedes de Oliveira Jácome, conhecido como Jacó Jácome.

A diplomação segue a ordem de ofício enviado ao TRE-RN pelo Tribunal Superior Eleitoral, que negou recurso do deputado estadual Sandro Pimentel em um processo de captação ilícita de recursos financeiros de campanha eleitoral em 2018. Com a decisão, o TSE determinou a retotalização dos quocientes eleitoral e partidário sem computar os votos atribuídos a Pimentel, implicando na eleição de Jacó Jácome.

Após o recebimento do ofício nessa segunda-feira, a equipe do TRE-RN responsável pela retotalização dos quocientes prontamente atuou para a celeridade da tarefa. Também nessa segunda, o Desembargador Gilson Barbosa encaminhou ofício ao presidente da Assembleia Legislativa do RN, Deputado Ezequiel Ferreira, comunicando a retotalização e diplomação de Jacó Jácome para dar cumprimento a determinação do TSE.

Lula derrota Bolsonaro por 45% a 39%

Lula derrotaria Jair Bolsonaro num eventual segundo turno, com uma margem folgada de 6,1%.

pesquisa Atlas, realizada depois que Edson Fachin anulou os processos do ex-presidiário, mostra Lula com 44,9% e Jair Bolsonaro com 38,8%.

O presidente é rejeitado por 60,1% do eleitorado, e Lula quase empata com ele nesse ponto, com 58% de imagem negativa.

Lula, por outro lado, é aprovado por 36% dos eleitores, oito pontos percentuais a mais do que Jair Bolsonaro.

O antagonista

 

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: